Nações Unidas distingue militares portugueses na República Centro-Africana

Nações Unidas distingue militares portugueses na República Centro-Africana. Foto: FAP

Os militares do Exército e da Força Área que integram a atual força portuguesa destacada na República Centro-Africana foi condecorada com a medalha das Nações Unidas, indicou o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

PUB

Em comunicado, o EMGFA adianta que a cerimónia de condecoração da atual quinta Força Nacional Destacada ao serviço das Nações Unidas na República Centro-Africana decorreu na segunda-feira no campo militar M´Poko, na capital, Bangui.

A condecoração aconteceu a três dias do regresso desta força a Portugal, na quinta-feira.

Na cerimónia, o representante especial do secretário-geral das Nações Unidas na República Centro-Africana e chefe da Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA), embaixador Mankeur Ndiaye, reiterou o agradecimento pelo excelente desempenho, profissionalismo e dedicação dos militares portugueses durante a missão, refere o EMGFA.

No discurso aos militares, o comandante da força portuguesa, tenente-coronel Rui Moura, manifestou o agrado pela forma como estes cumpriram o seu dever de forma exemplar, tendo contribuído para a estabilidade e segurança da República Centro-Africana. Foto: FAP

O EMGFA sublinha que durante a cerimónia foi lido o Código do Comando e realizada uma homenagem aos mortos em campanha.

PUB

Com um efetivo de 180 militares, a quinta Força Nacional Destacada na República Centro-Africana é maioritariamente composta por tropas especiais comandos, integrando igualmente militares de outras unidades do Exército e ainda três controladores aéreos avançados da Força Aérea.

O atual contingente termina a missão na quinta-feira, altura em que regressa a Portugal e uma nova força, de tropas especiais paraquedistas do Regimento de Infantaria de Tomar, assume as funções de Força de Reação Rápida por mais seis meses neste teatro de operações.

Os militares do Exército e da Força Área que integram a atual força portuguesa destacada na República Centro-Africana foi condecorada com a medalha das Nações Unidas, Foto: FAP

A cerimónia contou com a presença do CEMGFA da República Centro-Africana, general Zéphirin Mamadou, segundo comandante da componente militar da MINUSCA, tenente-general Marco Serronha, representantes das missões e corpos diplomáticos do Exército português e vários comandantes de outros contingentes estrangeiros, bem como oficiais e civis do Estado-Maior da MINUSCA.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here