Município de Ourém aprovou orçamento de 39,1 milhões de euros para 2017

A câmara de Ourém aprovou hoje, por maioria, o orçamento para 2017 no valor de 39,1 milhões de euros, mais 6,2 milhões de euros do que o aprovado para 2016, informou a autarquia.

PUB

Em nota de imprensa, a Câmara refere que o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para o quadriénio 2017/20 foram aprovados por maioria, com a abstenção da coligação Ourém Sempre, em reunião de Câmara extraordinária realizada esta tarde.

Citado no comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Ourém, Paulo Fonseca (PS), salientou a “profunda recuperação financeira” da autarquia, facto que “permite, hoje, empreender novas dinâmicas”.

PUB

“O orçamento é reforçado em 6,2 milhões de euros, devido a vários fatores de que sobressaem as candidaturas já em curso no Portugal 2020. Recorde-se que estes procedimentos enfermam de uma dificuldade orçamental que decorre da necessidade de prévia cabimentação, a qual será anulada aquando dos concursos respetivos e da assinatura dos contratos inerentes à formalização das candidaturas comunitárias”, explicou Paulo Fonseca.

O presidente da Câmara de Ourém adiantou que a “Lei irá impor uma reestruturação profunda no sistema contabilístico das autarquias, sendo o tempo previsto para essa alteração, o primeiro trimestre de 2017”.

PUB

Tal modificação legal “irá obrigar a uma profunda reestruturação em todas as frentes do sistema contabilístico, o que “irá impor uma revisão orçamental, em data a designar, para incorporar o novo sistema de gestão das autarquias, mas que aproveitaremos também para incorporar o saldo de tesouraria de 2016, que se estima ser superior a três milhões de euros, e outras eventuais candidaturas comunitárias que possam surgir”.

Paulo Fonseca disse ainda que as intervenções na rede viária e o apoio às Juntas de Freguesia, aos clubes e associações vão continuar, “sobressaindo a garantia de uma comemoração de elevada dignidade do Centenário das Aparições, bem como a estratégia de interação com a associação empresarial do concelho”.

A Câmara de Ourém aprovou também a redução da taxa geral de derrama (empresas com um volume de negócios superior a 150.000 euros) de 1,35% para 1,20%.

A proposta foi aprovada por unanimidade e as empresas com um volume de negócios inferior a 150.000 euros continuam isentas de pagamento de derrama.

 

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here