Médio Tejo | ZêzereArts oferece música erudita em monumentos de 14 a 27 de julho

Festival ZêzereArts oferece música erudita em monumentos de 14 a 27 de julho. Foto: mediotejo.net

O festival de música erudita ZêzereArts realiza-se de 14 a 27 deste mês em Ferreira do Zêzere, Tomar, Vila Nova da Barquinha e Batalha, reunindo músicos de “reconhecido mérito” e estudantes que estarão em formação na região.

PUB

PUB

Assumindo-se como divulgador da música erudita e também do património da zona do Médio Tejo, o festival, que nasceu em 2011 por iniciativa do maestro irlandês residente em Ferreira do Zêzere Brian MacKay, oferece, “em espaços cheios de História” (nos distritos de Santarém e de Leiria), concertos, recitais e espetáculos, marcando o “momento final” do curso que reúne na região dezenas de estudantes de música, jovens profissionais e amadores, vindos de todo o mundo, refere uma nota da produtora de música erudita Musicamera.

Sublinhando que todos os concertos são de entrada gratuita, a organização destaca a presença nesta edição do ZêzereArts dos compositores portugueses Fernando Lapa (compositor residente) e Cândido Lima, do compositor francês Pascal Dusapin, da violinista portuguesa Matilde Loureiro e da soprano sérvia Natasa Sibalic.

O festival abre dia 14, no auditório Fernando Lopes-Graça, em Tomar, com um recital de violino e piano com canto lírico, resultante das ‘masterclasses’ dirigidas a estudantes avançados que serão orientadas pelo “prestigiado violinista” Ilya Grubert e por Brian MacKay (canto lírico), com o pianista Stefano Amitrano.

No dia 16, a igreja de Nossa Senhora da Graça, em Tomar, recebe a Missa Solemnis “Waisenhausmesse” KV139, de Mozart, pelas vozes do Coro do Festival Zêzere Arts, com direção de Pedro Correia.

PUB

O ZêzereArts conta este ano com um “cruzamento” com o Festival Cria Sons, que, desde dezembro, tem vindo a dar concertos na “missão de promover e divulgar amplamente a música erudita, com particular incidência na criação contemporânea produzida em Portugal”, com a apresentação, no dia 15, na Biblioteca Municipal António Cartaxo Fonseca, em Tomar, dos compositores Fernando Lapa e Cândido Lima.

No posto de turismo de Dornes, aldeia do concelho de Ferreira do Zêzere, estará, a partir de dia 17, a exposição “Images of ZêzereArts”, de Els Smulders-Waijers.

No dia seguinte, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, realiza-se, às 15:00, uma palestra/recital intitulada “Tea with Paganini”, com Jack Glatzer, decorrendo, às 18:30, no Convento de Cristo, em Tomar, o concerto coral com o Cuore Chambre Choir, de Dublin (Irlanda), e o Coro Zêzere Artes como convidado, dirigidos pela maestrina Amy Ryan.

Os dois grupos juntam-se ao coro de câmara Voz Nua, de Aveiro, para dois concertos corais, intitulados “Ondas Sonoras”, que contam com as participações do Ensemble de Vozes do Zêzere Artes e do Ensemble Instrumental, a decorrer no dia 19 à noite no Claustro D. João III, no Convento de Cristo, e no dia 20, às 19:00, nas Capelas Imperfeitas, no Mosteiro da Batalha (Leiria).

O concerto de encerramento vai acontecer no dia 27 de julho, na igreja matriz de Areias, em Ferreira do Zêzere, com a Orquestra do Festival ZêzereArts e o Ensemble de Ópera Musicamera, estando agendadas outras iniciativas (http://www.zezerearts.com/pt/programa-festival), salienta a nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here