Médio Tejo | Linha da Beira Baixa com proteção anticorrosiva em seis pontes metálicas ferroviárias

A empreitada de manutenção em seis pontes metálicas na Linha da Beira Baixa, no troço dos concelhos de Entroncamento, Constância e Abrantes, foi concluída, num investimento de cerca de 615 mil euros, informou esta quarta-feira, dia 5 de dezembro, a Infraestruturas de Portugal (IP).

PUB

Segundo uma nota da IP, a intervenção de manutenção das condições de fiabilidade, comportamento e segurança das pontes ferroviárias abrangeu as estruturas metálicas da Pedra, da Coutada, do Caldeirão, dos Quatorze, do Rio Torto e de Alferrarede.

Os trabalhos de pintura e tratamento preventivo tiveram início em junho e consistiram “na decapagem integral das pontes com jato de areia, para remoção de toda a tinta existente, bem como de eventuais focos de corrosão”, com posterior aplicação de “três camadas de tinta”, explicou a empresa responsável pela infraestrutura ferroviária.

A empreitada que abrangeu as seis pontes ao longo do troço da Linha da Beira Baixa nos concelhos de Entroncamento, Constância e Abrantes representou um investimento de cerca de 615 mil euros.

“A intervenção, da responsabilidade do Departamento de Estruturas Especiais, da Direção da Rede Ferroviária da IP, foi desenvolvida sem comprometer a circulação regular de comboios, cumprindo igualmente com as exigências ambientais relacionadas com as medidas de proteção à dispersão de resíduos”, referiu a empresa no comunicado.

PUB

Na mesma nota refere-se que a IP “executa de forma periódica intervenções preventivas de manutenção destas estruturas metálicas, por forma a atenuar os efeitos nocivos da exposição aos vários agentes, tais como a humidade, a salinidade ou a poluição”.

A empresa, que resultou da fusão da Estradas de Portugal e da Rede Ferroviária Nacional, revelou ainda que estas ações “inserem-se no plano anual de manutenção de pontes da IP”, com vista a “assegurar a observância dos índices de fiabilidade, comportamento e segurança da infraestrutura ferroviária nacional”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here