Major-General Eduardo Ferrão assume funções de 2º Comandante da Força Militar das Nações Unidas na República Centro-Africana

Major-General Eduardo Ferrão assume funções de 2º Comandante da Força Militar das Nações Unidas na República Centro-Africana. Foto: FAP

O Major-General Eduardo Manuel Braga da Cruz Mendes Ferrão, do Exército Português, assumiu no passado dia 27 de dezembro as funções de 2º Comandante da Força Militar da Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA). Eduardo Ferrão foi o comandante da Brigada Mecanizada em Santa Margarida (Constância) e sucede ao Tenente-General Marco Serronha, que exerceu funções até ao passado mês de novembro.

Iniciada em 10 de abril de 2014 para proteger os civis da República Centro-Africana, a MINUSCA conta atualmente com 10.832 militares.

Já no desempenho destas funções, o Major-General Ferrão realizou, durante a passada semana, as primeiras ações oficiais. Depois da apresentação de cumprimentos às autoridades Militares e Civis que constituem a MINUSCA, nomeadamente o General Balla Keita, Comandante da Força Militar da MINUSCA, e a Representante Especial Adjunta do Secretário-Geral da ONU para esta missão na República Centro-Africana, Denise Brown, o Major-General Eduardo Ferrão deu início a um conjunto de reuniões no Quartel-General da Força, por forma a inteirar-se do atual ponto de situação desta operação militar.

PUB

Das reuniões efetuadas, destacam-se as relacionadas com o “Senior Management Meeting”, presidida pela Representante Especial Adjunta do Secretário-Geral da ONU para esta missão, e a reunião com o 2º Comandante dos Observadores Militares neste teatro de operações, cuja responsabilidade primária recai sobre o 2º Comandante da Força Militar da MINUSCA.

Paraquedistas participam em ação de pacificação em Bangui – República Centro-Africana

Nos passados dias 28 e 31 de dezembro, os Paraquedistas da 6ª Força Nacional Destacada na missão das Nações Unidas na República Centro-Africana, foram empenhados para garantir a segurança da Representante Especial Adjunta do Secretário-Geral da ONU (“Deputy Special Representative Secretary-General”) para esta Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA), Denise Brown, durante as negociações realizadas para a reconciliação entre os grupos de autodefesa e os comerciantes do terceiro distrito, na sequência dos seus recentes confrontos, dos quais resultaram 50 vítimas mortais e 80 feridos.

PUB

A reunião de 28 de dezembro, realizada na Mesquita do PK 5 (“Point Kilometre 5”), no terceiro distrito, contou com a participação dos mais importantes representantes da ONU, do poder e autoridades locais e das partes em conflito e teve por objetivo aproximar as partes para pôr fim à violência.

No dia 31 de dezembro realizou-se nova reunião, seguida da cerimónia solene para marcar o encerramento dos confrontos e pôr fim à violência. Esta cerimónia decorreu na rotunda do PK5 e contou com a presença das mais altas entidades civis e militares da MINUSCA e do Ministro do Interior do Governo Centro-Africano, General de Brigada Henri Wanzet-Linguissara.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here