Mação | Refeições escolares gratuitas até ao 12º ano a partir de janeiro

Foto: DR

A Câmara Municipal de Mação aprovou por unanimidade a proposta de passar a suportar os encargos com refeições escolares a todos os alunos, incluindo agora o 2º/3º ciclo e o Ensino Secundário. Recorde-se que a autarquia já fornecia refeições escolares gratuitas aos alunos do pré-escolar e 1º ciclo do Ensino Básico. Esta medida entrará em vigor já em janeiro de 2020, e representa um investimento de cerca de 4 mil euros por mês no setor da Educação e apoio social escolar.

PUB

Para Vasco Estrela (PSD), presidente da CM Mação, este é um “reforço de prática de apoios sociais” do município, que desde 2016 já apoiava os alunos das escolas básicas e jardins-de-infância de Mação, que passaram a ter refeições gratuitas e apoio na aquisição de manuais escolares.

Com esta proposta aprovada em sede de executivo camarário, na reunião pública de 27 de novembro, “todas as crianças e jovens em idade escolar terão diariamente refeições gratuitas, porque são suportadas pela CM Mação”, sublinhou Vasco Estrela.

A medida foi aplaudida pelo vereador de oposição, Nuno Barreta (PS), que deu os parabéns pela proposta.

A partir de janeiro de 2020, num universo de cerca de 600 alunos do Agrupamento de Escolas de Mação, cerca de 4 mil euros por mês irão suportar “832 refeições por mês do escalão B e 559 refeições do Ensino secundário no terceiro escalão” em valores de 0,73 cêntimos e 1,46 euros por refeição, respetivamente, disse o autarca em declarações ao mediotejo.net.

PUB

“As crianças vão levantar a senha na mesma, mas não a liquidam, e todos os meses os serviços da Escola enviarão um relatório para a Câmara para sabermos o número de refeições mensal”, notou.

Segundo o autarca esta medida surgiu de “constatação de que havia possibilidades de assumir este encargo, e com esta assunção de responsabilidades estamos a suportar este encargo que as famílias tinham, independentemente do valor em causa, e estamos a desonerar os seus encargos mensais e a contribuir para melhorar um bocadinho a qualidade de vida”, disse.

Esta é mais uma medida que vai na senda do reconhecimento da estratégia do Município enquanto “+Familiarmente Responsável”, distinção que recebeu pelo 7º ano consecutivo em 2019 pelas boas práticas nos apoios às famílias do concelho. “Sabemos que nem sempre é fácil manter esses objetivos presentes, mas em todo o caso, esforçamo-nos diariamente para o concelho”, aludiu.

“Teremos pela frente um ano extraordinariamente exigente a vários níveis, temos de ter a consciência que as famílias do concelho de Mação tiveram e vão ter algumas diferenças no seu orçamento, nomeadamente fruto do que foi o ajuste e aumento na tarifa da água, temos também essa noção”, salientou, ainda que refira que este apoio com as refeições escolares não seja uma compensação para esse facto.

A Câmara Municipal de Mação investe anualmente cerca de 500 mil euros no setor da Educação, onde se incluem os encargos com transportes de alunos, quer para os que estudam no concelho, quer para os que frequentam escolas/cursos em concelhos limítrofes.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here