Mação | Município dinamiza projeto de orientação profissional para jovens

Foto: DR

O Município de Mação apostou num projeto de encaminhamento profissional para os alunos que finalizam o Ensino Secundário, regular ou profissional, no sentido de proporcionar acompanhamento e cursos de orientação profissional dos jovens que possam ter dúvidas sobre a definição do seu futuro.

PUB

Esta ferramenta colocada ao dispor da comunidade escolar irá focar-se numa primeira fase num grupo de 25 alunos em fase pré-ensino superior e representa um investimento de cerca de 7900 euros, com contratação de empresa de João Farinha, professor universitário habilitado nesta matéria e docente na Universidade Sénior de Mação.

O projeto funcionará em regime de prestação de serviços, aprovada em reunião de executivo camarário por unanimidade, tendo por objetivo a inserção no mercado de trabalho, ajudando a definir as oportunidades profissionais no futuro, tendo em consideração as caraterísticas e percurso estudantil dos jovens e do que entendem que poderão vir a ser as suas vidas no futuro.

O projeto é visto como uma nova ferramenta para a comunidade educativa e “uma mais-valia” para o futuro dos jovens. Nesta primeira fase terá cerca de 7900 euros de investimento para um grupo de 25 alunos. Foto: mediotejo.net

Visto como uma “mais-valia” por Vasco Estrela, presidente da CM Mação, numa altura em que os jovens podem vir a ter dúvidas sobre o percurso ou área profissional a seguir, pretende-se que venha “valorizar mais a escola e a comunidade escolar, garantindo que no fim do ciclo de estudos obrigatório, têm possibilidade de encaminhamento para o futuro através deste instrumento levado a cabo por uma entidade habilitada”, explicou.

Apesar de, nesta fase experimental, ser aplicado a um grupo restrito de 25 alunos, o autarca não descarta a possibilidade de alargamento do projeto a outras pessoas, mesmo que já estejam fora da escolaridade obrigatória e dentro de outra faixa etária, dando oportunidade a essas pessoas de voltar a estudar.

PUB

Segundo o autarca foi feita uma apresentação preliminar na Escola Básica e Secundária de Mação, tendo sido definido o público-alvo e onde houve boa aceitação desta nova ferramenta ao serviço da comunidade educativa.

Quanto aos alunos, terão de corresponder a algumas exigências, nomeadamente frequência de determinado número de aulas, fazer testes psicotécnicos e de orientação profissional, entre outros elementos.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here