Mação | Centro de Negócios ‘de vento em popa’ dois anos após inauguração

Foto: mediotejo.net

O ninho de empresas de Mação, localizado na zona industrial das Lamas, deverá receber uma nova empresa em breve, tendo sido aprovada a candidatura ao Centro de Negócios de Mação, por unanimidade, em reunião de executivo camarário. A empresa será a nona a partilhar aquele espaço e deverá criar até três postos de trabalho, estando numa primeira fase previsto um investimento de 30 mil euros.

PUB

A empresa está dentro do ramo da “manutenção, reparação e transformação de motociclos, essencialmente de competição e de todo-o-terreno, e também venda de peças e acessórios”, explicou o presidente da Câmara, Vasco Estrela (PSD).

O empresário “é um jovem com ligações ao concelho de Mação e quer cá instalar esta empresa, que representa um investimento (na primeira fase) de cerca de 30 mil euros praticamente em equipamento”, disse.

Deverá criar entre 2 a 3 postos de trabalho e a autarquia vê “com muita satisfação mais esta empresa a instalar-se no concelho”, sentindo que, após dois anos desde a sua inauguração, o Centro de negócios “está a cumprir o desígnio do equipamento, que era criar condições para que as empresas possam estar ali durante algum tempo, incubadas, e depois disso poderem avançar para outros investimentos”.

O balanço é positivo, uma vez que “há empresas em crescimento e por este motivo a autarquia está já a estudar possibilidades para irem para outros locais e conseguir espaços adequados a cada empresa”, considerando o autarca tratar-se de “um bom sintoma”.

PUB
Foto: mediotejo.net

O Centro de Negócios/ninho de empresas de Mação tem atualmente 9 empresas  instaladas, sendo que se mantiveram os protocolos iniciais, firmados em 2018, à exceção de uma empresa que, por questões relativas à sociedade detentora, apresentaram carta de rescisão do contrato.

De olhos postos no futuro, Vasco Estrela indicou que a autarquia está já a desenvolver esforços para dar todas as condições necessárias para as empresas de sucesso, dando-lhes possibilidade para novos voos e também tornar mais aliciante e diversificada a oferta, atraindo novos investimentos para aquele parque empresarial do concelho.

“Vamos acompanhar e monitorizar o desenvolvimento de cada uma delas, e perceber até que ponto o espaço que ali está suficiente para a atividade que estão a realizar. Por isso estamos também a finalizar o Plano de Pormenor de expansão da Zona Industrial das Lamas. Já temos alguns terrenos adquiridos, estamos num processo inicial de aquisição de mais lotes, no sentido de, previsivelmente, haver empresas interessadas em instalar-se na zona industrial”, explicou.

Recorde-se que o Centro de Negócios foi inaugurado a 30 de junho de 2017 e durante a  Feira Mostra, contando com presença do então Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos.

A 1 de julho de 2018 a autarquia procedeu à assinatura de contratos com empresas no Centro de Negócios/Ninho de empresas, tendo o momento sido integrada na programação do último dia de Feira Mostra de Mação.

O espaço representa um milhão de euros de investimento da autarquia que visa dar melhores condições às empresas num espaço que, dois anos após ter sido inaugurado, representa uma das grandes apostas do Município no âmbito do desenvolvimento socioeconómico, sob o mote “Viver, trabalhar, investir no concelho de Mação”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here