Mação | Câmara vai ceder viatura ao Posto Territorial da GNR

Foto: mediotejo.net

Foi aprovado na reunião de executivo camarário pública, de dia 26 de dezembro, a aquisição de uma viatura para ser cedida ao Posto Territorial da GNR de Mação. Vasco Estrela (PSD), autarca maçaense, espera que a entrega possa decorrer já em janeiro com assinatura do protocolo de cedência, tendo como uma das contrapartidas a circulação do veículo somente no concelho de Mação.

PUB

O autarca, que já havia dado conta desta intenção na reunião pública de novembro, explicou que a entrega desta viatura, um veículo ligeiro de passageiros, sucede na medida em “que possa ser uma viatura que sirva o concelho de Mação, é uma das condições que entendemos que devem ser cumpridas (…) que sirva essencialmente para monitorização, vigilância, política de proximidade e segurança junto das pessoas mais idosas nas várias localidades do concelho”, disse.

Vasco Estrela recordou as caraterísticas do concelho, com 400 km quadrados, localidades muito dispersas, e “algumas com poucos habitantes, a esmagadora maioria delas pessoas idosas e que passam muito tempo sozinhas”, entendendo que, com esta aprovação, se está “a contribuir para que seja possível a GNR deslocar-se mais vezes a estes locais”.

Sabendo que existe “um défice de viaturas nas forças de segurança em Portugal”, a CM Mação entendeu agir “no âmbito das suas competências para colaborar com outras entidades, à semelhança do que já fez com o Ministério da Saúde, tendo cedido duas viaturas ao Centro de Saúde da vila, uma no âmbito da CIMT e outra por iniciativa própria da autarquia”.

Quanto às características do veículo, o autarca referiu que “será um pouco mais alta do que uma viatura ligeira, para dar maior visibilidade e para transmitir um pouco mais de segurança aos munícipes e que possa também ser fator de dissuasão de eventuais ilícitos criminais”, com esperança “que sirva para que a GNR possa ter uma presença mais efetiva no terreno, reforçada por este meio”.

PUB

Por outro lado, Vasco Estrela assumiu que tem esperança “no reforço de dois ou três homens que bem falta fazem”, frisando que o Posto territorial maçaense perdeu cerca de 5 operacionais, contando-se 19 militares ao serviço.

Prevê-se que em janeiro se possa proceder à entrega da viatura, com assinatura de protocolo onde ficarão estabelecidos “os direitos e deveres da GNR, de ambas as partes, e competirá à GNR a manutenção da viatura e todos os encargos inerentes”. A propriedade será da CM Mação, que se encontra a negociar a compra do veículo.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here