Mação | Autarquia presente em “Cinquenta Anos a Fazer P.Arte”, de António Colaço

Mação vai estar representado na Assembleia da República esta quinta-feira, 4 de abril, no âmbito da Exposição “Cinquenta Anos a Fazer P.Arte”, de António Colaço. Foto: DR

Mação vai estar representado na Assembleia da República esta quinta-feira, 4 de abril, no âmbito da Exposição “Cinquenta Anos a Fazer P.Arte”, de António Colaço. O Executivo da Câmara Municipal de Mação vai marcar presença na inauguração desta exposição que assinala meio século de dedicação de António Colaço à sua atividade artística, configurando também uma manifestação de solidariedade para com o povo Maçaense na sequência dos incêndios de 2017.

PUB

Para celebrar 50 anos de artista plástico e homenagear os valorosos capitães de Abril de 1974, que há 45 anos libertaram as palavras amordaçadas, o autor, ele mesmo soldado cadete que participou no 25 de Abril de 1974, ocupando a RTP, entao no Lumiar, caligrafou na totalidade uma Chaimite, juntando-lhe, estilizados, cravos.

A Chaimite, agora obra de Arte, outrora maquina de guerra, integra a exposição “Cinquenta Anos a Fazer P.Arte”,  ficando exposta frente ao novo edifício da Assembleia da República. Em maio rumará para Mação onde ficará definitivamente ao cimo da Av Sá Carneiro, sendo já propriedade da Câmara Municipal de Mação, cedida pelo Chefe do Estado Maior do Exército.

A Chaimite será apresentada em S. Bento pelo Padre Anselmo Borges e conta com a actuação do Contratenor João Paulo Peças.

No âmbito da inauguração desta iniciativa na Assembleia da República, a Câmara Municipal de Mação vai ofertar aos presentes uma prova de degustação de produtos regionais.

PUB

Citado em nota de imprensa, o presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, refere ser “com enorme satisfação que a Câmara Municipal de Mação se associa a esta interessantíssima iniciativa de António Colaço. A celebração dos “50 anos a fazer P.Arte”, aliada à comemoração dos 45 anos do 25 de abril, fazem deste um momento digno de registo, não só na sua história pessoal, mas também na memória de todos aqueles que terão a oportunidade de apreciar as suas obras de arte, em particular dos Maçaenses, que receberão no seu Concelho a Chaimite Palavril que será, certamente para muitos, uma ótima ocasião para visitarem este Concelho, que agora se reergue com determinação e força para enfrentar o Futuro.”

A Exposição e a Chaimite “Palavril” que agora inauguram em S. Bento, estarão patentes em Mação entre 5 de julho e 31 de agosto de 2019 sendo que a Chaimite, como já referido, ficará em exposição permanente na Vila de Mação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here