Mação | Adiada cerimónia de aplicação de dados SIRESP em projeto MacFire

O comissário Europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, Christos Stylianides, conheceu recentemente o projeto MacFire, desenvolvido pela Câmara Municipal de Mação. Foto: CM Mação

O sistema MacFire, ferramenta informática criada em Mação para monitorizar o desenvolvimento dos incêndios em tempo real, vai integrar o programa de dados do SIRESP e ser implementado em todo o distrito de Santarém. A cerimónia de assinatura do contrato, anunciada para esta quarta-feira, foi hoje adiada para a próxima sexta-feira, em Mação. A sessão, segundo a CIMT, foi cancelada por “motivos de agenda imprevistos de última hora”.

PUB

A cerimónia vai realizar-se na sexta-feira, dia 12 de julho, às 15:00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Mação e tem a presença anunciada, além dos autarcas locais e das Comunidades Intermunicipais do Médio Tejo e da Lezíria, do Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, e do presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, entre outras individualidades.

O MACFIRE – Gestão de ocorrências – foi operacionalizado em concertação com o CDOS de Santarém, as duas CIM do distrito de Santarém (Médio Tejo e Lezíria do Tejo) e o Município de Mação.

Ao longo do ano de 2018, foi executada a implementação deste projeto piloto a nível distrital, no âmbito da criação de sistema de suporte à decisão no combate aos incêndios florestais em articulação com o Comando Distrital de Operação e Socorro (CDOS) de Santarém, o denominado MACFIRE (Mac de Mação, Fire de fogo).

O MacFire (Mac de Mação, Fire de fogo), sistema desenvolvido por técnicos informáticos de Mação em 2004 e por especialistas de uma empresa do ramo das novas tecnologias, permite levar a informação existente sobre a zona de combate a incêndios rurais para o Posto de Comando móvel existente em cada sinistro.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here