Liga Inatel | A análise da jornada, por Telmo Gomes

*Telmo Gomes, 38 anos, operário fabril, gere o blogue “Cantinho do Primeiro Andar”. Foto: DR

Quando numa Fase de Grupos entramos na fase descendente de número de jogos a realizar, as contas começam a ficar mais claras, ou até mais complicadas, dependendo da situação. Neste momento podemos dizer que, a quatro jornadas para o fim, as contas estão mesmo a ficar no “ponto” das ditas “contas a Portuguesa”.

PUB

Com muita coisa a ser decidida nestas últimas jornadas, os próximos desafios só podem gerar mais emoção a quem vai ver a bola, mais nervos para quem joga, e mais concentração para quem tem de gerir uma equipa. Mas, não há bela sem senão, e as coisas estão a entrar por caminhos muito pouco aconselháveis com a presença da GNR nos terrenos de jogo a ser algo demasiado recorrente ultimamente.

Liga Inatel | A análise da jornada, por Telmo Gomes
Campo Farinha Pereira, em São Miguel do Rio Torto. Foto: mediotejo.net

Serie 1:

Grupo A1

Alvega 3-1 Envendos

PUB

Jogo de “aflitos”, sabendo que a derrota seria praticamente certo o adeus à Fase Final, o empate seria como uma derrota para cada um. Salvou-se o Alvega nesta batalha, recebeu e venceu os homens vindo do concelho de Mação por 3 bolas a 1. Para o Alvega é uma réstia de esperança que se mantém acesa, para o Envendos é o adeus definitivo à Fase Final.

Sentieiras 2-1 Seiça

Num daqueles jogos que ninguém quer perder, este era, sem dúvida, um deles. Sentieiras tinha de pontuar para se afastar da Bemposta, o Seiça vinha em “piloto automático” com vitórias seguidas em Alvega e Bemposta. Mas neste jogo foram as Sentieiras a conseguir o seu objectivo de vencer, igualando o Seiça na liderança do grupo. Já o Seiça, apesar da derrota, manteve-se na frente e com vantagem em caso de igualdade final com as Sentieiras.

Bemposta folgou

Grupo B1

Mouriscas 2-1 Concavada

Jogo renhido, rijo, durinho, com uma reviravolta à mistura. Mesmo tendo iniciado melhor a partida, a Concavada vinha com as ideias bem assentes para vencer, mas as Mouriscas, já conhecida por nunca desistir de nenhum lance nem de nenhum desafio, virou o jogo a seu favor já nos instantes finais da partida. O final do jogo acabou de maneira menos bonita.

Alcanhões 1-1 Alcaravela

Numa das deslocações mais “incógnitas” para o líder Alcaravela, a visita ao Alcanhões transformou-se num jogo difícil mas no fim a sorte esteve do lado dos “Putos” que conseguem trazer um pontinho e quase que confirmam a presença na Fase Final. Já o Alcanhões sabia das dificuldades, e quase que conseguia a vitoria, não fosse a grande penalidade defendida pelo “Vasco Gazão” já nos minutos finais.

Azinhaga folgou

Serie 2:

Grupo A2

Casais de Revelhos 6-4 Vale das Mós

Tarde em Casais de Revelhos com 10 golos, que mais se poderia pedir. 10 golos de todas as formas e feitios, duas equipas que já mostraram que ofensivamente estão muito bem “armadas”. Poderia ter sido um 5 a 5, mas não, o Casais de Revelhos conseguiu ser mais eficaz e chegou às redes do Vale das Mós por mais duas vezes e venceu por fabulosos 6 a 4 e toma as rédeas de comando deste grupo.

São Miguel do Rio Torto 0-3 Rossiense

Na semana seguinte à noticia que o Rossiense vs Vale das Mós tinha resultado em vitória para os Homens do Rossiense na secretaria, parece que foi uma “bomba de moral” que atingiu os “Patos”. Depois de estarem quase arredados de tudo, há duas semanas atrás, neste momento, e depois desta excelente vitória por claros 3 a 0 em São Miguel do Rio Torto, esta vitória resultou na ultrapassagem ao seu adversário e aproximação à frente do grupo.

Bairrense folgou

Grupo B2

Vilarregense 4-0 Brunheirinho

Se na primeira jornada desta fase o Brunheirinho tinha surpreendido tudo e todos ao vencer o Vilarregense, nesta segunda volta os Homens do centro geodésico não deram hipóteses e ganharam ao Brunheirinho por 4 a 0. Vitória esta que continua a manter o Vilarregense na frente do grupo e vai aguardar com muita expectativa pela  próxima jornada onde irá folgar e quem sabe perder a liderança ou não.

Água Travessa 1-4 Carvalhal

Em Água Travessa as sensações não são as melhores, depois de prometer um grande futebol e estar à vista de todos que podiam chegar longe, neste momento é “tudo ao contrário”. As coisas correm mal, os resultados não aparecem, mas é neste momento que aparecem os “balneários”. É aguardar para ver a resposta do conjunto de Água Travessa. Quanto ao Carvalhal, em luta acesa pela passagem à Fase Final e liderança do grupo, não perdoou e continua a querer fazer história.

São Facundo folgou

PUB

1 COMENTÁRIO

  1. Só não entendo o porquê de só falar em algum tipo de equipas e não Inatel no geral..será que equipas fora de Abrantes são um alvo a abater????

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here