Incêndios | Ministro da Agricultura alerta para risco elevado e apela para cumprimento da lei

Ministro da Agricultura alerta para risco elevado e apela para cumprimento da lei. Foto: DR

O ministro da Agricultura fez hoje, em Alcanena, um apelo “veemente” a quem trabalha nos campos para que não utilize máquinas agrícolas nem faça queimadas nos próximos dias, porque o risco de incêndio “é muito grande”.

PUB

Luís Capoulas Santos, que paticipou, com o ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, na apresentação de um balanço preliminar do programa conjunto de vigilância preventiva Faunos, na Serra de Santo António, concelho de Alcanena, afirmou que, a partir de sexta-feira, com o elevar do aviso de alerta, devido ao “grau de secura muito elevado” e ao risco “muito grande” de incêndio, “é absolutamente proibido operar máquinas agrícolas” e fazer queimas ou queimadas.

“Apelo com veemência aos pastores, aos criadores de gado, aos agricultores, a todos aqueles que trabalham no campo com máquinas, com outros equipamentos, que, em dias como este e os que se aproximam, a que cumpram a lei”, disse.

O Governo decidiu hoje declarar a situação de alerta em Portugal continental entre as 00:01 de sexta-feira e as 23:59 de sábado, devido ao “agravamento do risco de incêndio” decorrente do estado do tempo.

A decisão foi tomada por despacho conjunto dos ministros da Administração Interna e da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, que anunciaram a medida em comunicado.

PUB

De acordo com as previsões meteorológicas, é esperado até sábado um aumento da intensidade do vento, acompanhado pela continuação de tempo quente e seco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here