Gavião | Quinta do Bill e Banda Juvenil dão concerto “histórico” (C/VIDEOS)

Os Quinta do Bill e a Banda Juvenil do Município de Gavião proporcionaram no sábado à noite um concerto histórico, de elevada qualidade, e que perdurará na memória dos milhares de visitantes, dos jovens músicos, e da população gavionense que lotaram o espaço do Jardim do Cruzeiro durante muitos anos.

Que festa bonita!Quinta do Bill + Banda Juvenil do Município de Gavião.#quintadobill30anos #Gavião

Publicado por Quinta do Bill em Sábado, 15 de Julho de 2017

Sílvia Palma, presidente da direção do Centro de Cultura e Desporto de Gavião, responsável pela Banda Juvenil, não escondeu a sua emoção no final de uma atuação que considerou “inesquecível”, tendo feito um agradecimento ao maestro e a todos os elementos da banda lavada em lágrimas de “alegria” e de “orgulho”.

Gavião | Quinta do Bill e Banda Juvenil dão concerto "histórico" (C/VIDEOS)
José Pio, presidente da CM Gavião, maestro Paulo Pires, António Severino, vice-presidente CM Gavião e Sílvia Palma, presidente da Banda Juvenil. Foto: mediotejo.net

“É um concerto que fica para a história da Banda Juvenil e do Gavião, estou muito emocionada”, afirmou a responsável ao mediotejo.net, ela própria ex-membro da banda, tendo referido que a oportunidade dos jovens poderem atuar com os Quinta do Bill foi foi “única”, e lembrado os cerca de seis meses de ensaios prévios para que tudo corresse bem na noite maior da festa anual de Gavião.

“Foram muitos ensaios, foi um desafio muito grande, e resultou numa noite maravilhosa para todos, que vai motivar os jovens músicos a continuarem a trabalhar mais e melhor, e também vai poder servir para captar novos elementos para este projeto e para a escola de música”, referiu, relativamente a um projeto que nasceu há 28 anos pela mão do então presidente de Câmara, Jaime Estorninho, e que teve como primeiro maestro Sílvio Pleno.

Gavião | Quinta do Bill e Banda Juvenil dão concerto "histórico" (C/VIDEOS)
Sílvia Palma, presidente da Banda Juvenil de Gavião, o maestro Paulo Pires, e o ex-presidente da CM Gavião e fundador da Banda, Jaime Estorninho. Foto: mediotejo.net

A comemorar 30 anos de carreira, os Quinta do Bill apresentaram-se em palco cheios de energia e com um Carlos Moisés inspirado para um concerto que dividiram a dois tempos.

Uma primeira parte com a atuação banda tomarense, onde tocaram temas que percorreram a sua vasta carreira, e um segunda parte com os 60 músicos em palco da Banda  Juvenil de Gavião, orientados pela batuta do maestro Paulo Pires, num espetáculo onde interpretaram em conjunto com os Quinta do Bill diversos temas que tornaram a banda de Tomar uma referência no panorama da música portuguesa.

Gavião | Quinta do Bill e Banda Juvenil dão concerto "histórico" (C/VIDEOS)

Para José Pio, presidente da Câmara de Gavião, faltaram adjetivos para qualificar a noite de sábado e a atuação dos jovens músicos: “Espetacular, fabuloso, fascinante, orgulho imenso”, foram algumas das palavras encontradas pelo autarca, que já foi presidente do CCD de Gavião, para descrever o espetáculo da banda juvenil com os Quinta do Bill.

Gavião | Quinta do Bill e Banda Juvenil dão concerto "histórico" (C/VIDEOS)
Maestro Paulo Pires não escondeu a sua satisfação pelo concerto de sábado da sua Banda Juvenil com os Quinta do Bill. Foto: mediotejo.net

“É uma grande banda, com uma qualidade invejável e apta a grandes desafios como hoje se provou, perante uma grande moldura humana. Não podia estar mais orgulhoso da juventude de Gavião e do maestro Paulo Pires, pois está há 26 anos a formar jovens na Banda Juvenil de Gavião e grande parte deste sucesso deve-se a ele”, afirmou José Pio, antes de partir para um banho de multidão e de abraços, numa noite de grandes emoções.

Quinta do Bill & Banda Juvenil Gavião

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 15 de Julho de 2017

COMPARTILHE
A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.
Artigo anteriorAbrantes | Incêndio em Vale de Açor extinto
Próximo artigoVila de Rei | Convívio em comemoração ao Dia dos Avós

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here