Gavião | Piscinas descobertas e uma Área de Serviço de Autocaravanismo vão nascer no concelho

Os contratos de financiamento da Linha de Apoio à Valorização do Turismo Interior, do Turismo de Portugal à Rede de Apoio ao Autocaravanismo, foram assinados, na presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho. Créditos: CMG

Gavião está entre os 27 municípios do Alentejo e Ribatejo que assinaram um contrato de financiamento para uma futura Área de Serviço de Autocaravanismo, a nascer em 2020, candidatura liderada pela Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo/Ribatejo. José Pio, presidente da autarquia, deu ainda conta ao mediotejo.net que em 2021 a vila e o concelho já poderão contar com umas piscinas municipais descobertas, um investimento que rondará o 1,2 ME.

PUB

Uma rede de apoio ao autocaravanismo, constituída por 39 estações de serviço localizadas em 27 concelhos do Alentejo e do Ribatejo, vai começar a “nascer” este ano, sendo Gavião um desses concelhos. A cerimonia decorreu no dia 25 de junho, no Convento do Espinheiro, em Évora, na presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

Será criado um novo espaço dedicado ao autocaravanismo, em Fonte Nova, na entrada em Gavião do lado de Ponte de Sor. “Num espaço municipal, onde está uma estação elevatória de águas para consumo humano” desde a época que a rede pública do concelho era fornecida por furos próprios”, disse José Pio, presidente da autarquia.

“Agora está mais ou menos desativada e por força disso foi-se degradando. Há uns tempos começamos a estudar como requalificar aquele espaço, mas a Entidade Regional de Turismo desafiou-nos a integrar um projeto conjunto para termos ali uma estação de serviço destinada ao autocaravanismo”, explicou ao mediotejo.net o presidente da Câmara Municipal de Gavião.

Do desafio ao ato foi um passo. Situando-se na periferia da sede de concelho “estava encontrado o local ideal. Está perto da Estrada Nacional 244 e da Estrada Nacional 118, uma zona onde passam muitas caravanas onde tudo podia girar à volta de outra das nossas grandes metas; que é o turismo no concelho” de Gavião, sublinhou.

PUB

O projeto tem um prazo de execução de 17 meses e envolve um investimento global de cinco milhões de euros, dos quais cerca de 2,1 milhões de euros são comparticipados pelo Turismo de Portugal. Para Gavião o investimento ronda os 150 mil euros, com financiamento de 60%.

O autarca manifestou expectativa relativamente ao lançamento da obra ainda em 2019.

“Espero dentro de 3 meses começar as obras que passarão a reconverter aquele espaço numa zona perfeitamente utilizável pelos autocaravanistas, onde podem ter um espaço de descanso, com eletricidade, zona de despejos, duches, tudo de forma a que possam, não só passar mas também permanecer uns dias no concelho” notou, convicto que será “mais uma grande infraestrutura de apoio ao turismo em Gavião”.

A inauguração deverá acontecer no início de 2020.

Este projeto, liderado pela Turismo do Alentejo/Ribatejo e que envolve 27 municípios do Alentejo e Ribatejo, contempla a criação ou requalificação das infraestruturas existentes; o desenvolvimento de ações de identidade corporativa, a elaboração de conteúdos, design de suportes informativos; a aplicação em peças impressas e ferramentas web, bem como ações de divulgação, sensibilização e animação e a capacitação e coordenação.

Os contratos de financiamento da Linha de Apoio à Valorização do Turismo Interior, do Turismo de Portugal à Rede de Apoio ao Autocaravanismo, foram assinados, na presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e do presidente da ERT do Alentejo / Ribatejo.

Na ocasião, António Ceia da Silva avançou que os municípios vão lançar as empreitadas de construção das estações de serviço, indicando que a entidade que lidera vai ficar responsável pela “criação da rede, materiais promocionais e digitalização”.

A rede integra os municípios de Alandroal, Almeirim, Almodôvar, Alter do Chão, Alvito, Avis, Beja, Borba, Cartaxo, Castelo de Vide, Coruche, Crato, Ferreira do Alentejo, Gavião, Grândola, Mértola, Monforte, Moura, Mourão, Odemira, Ponte de Sor, Portalegre, Rio Maior, Serpa, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa.

Piscinas descobertas chegam a Gavião em 2021

Falando na aposta no turismo pelo Município de Gavião, José Pio garante que em 2021 a vila e o concelho já poderão contar com umas piscinas municipais descobertas, um investimento que rondará 1,2 milhão de euros.

“O financiamento não tem sido fácil porque o quadro comunitário anterior não prevê candidaturas para piscinas”. No entanto, juntando a outras obras que a Câmara Municipal irá efetuar, “a Câmara assumirá parte do investimento. Se tudo correr bem no inicio de 2020 a obra arrancará”, avançou o autarca, dando conta da existência de “projeto e e que “está montada toda a engenheira financeira que lhe dará cobertura”.

Brevemente será lançado “o concurso público para a empreitada, pedir autorização ao Tribunal de Contas e só depois podemos iniciar a obra”, notou.

Segundo José Pio, “a Câmara assume o custo do tanque de piscina” na antiga casa de João Ascensão. “Toda a casa será recuperada onde será feito o Posto de Turismo. No andar de cima será construída uma sala museu dedicada à música, à Banda Juvenil e ao maestro Sílvio Pleno. Noutro lado teremos uma loja de produtos tradicionais e no jardim uma zona muito agradável com espelhos de água”, explica.

A recuperação da casa de João Ascensão mereceu uma candidatura ao programa Valorizar com um financiamento de 85%. A obra tem uma previsão de execução de 500 dias.

PUB

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns ao município de Gavião e enaltecer também Mação.
    Pelo esforço para com os seus, nunca se esquecendo dos que os visitam.
    E Ponte de Sôr que se soube reinventar.
    Enquanto municípios vizinhos, pensam que está tudo feito e nem por nada lutam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here