Gavião/Abrantes | Está aí a 32ª edição do Raid Ferraria Todo-o-Terreno

Prova do cameponato todo-o-terreno decorre este ano nos dias 27 e 28 de abril. Foto: David Pereira

A 32ª edição do Raid Ferraria, mítica prova a contar para o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, vai decorrer este sábado e domingo, dias 27 e 28 de abril, entre Abrantes e Gavião, organizada pelo Centro Cultural Recreativo e Desportivo da Ferraria, associação da freguesia de Comenda, no concelho do Gavião.

PUB

A prova é constituída por duas etapas, a primeira das quais será realizada este sábado, dia 27 de abril, e liga Abrantes a Gavião, tal como nos dois últimos anos, edições em que Abrantes se associou à iniciativa. A segunda etapa a realizar dia 28 de abril terá início e términus no Gavião.

Bonito cenário do Parque Fechado em Abrantes. Foto: mediotejo.net

Esta prova do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno conta em competição com a presença de pilotos de top nacional.

Depois de três jornadas já realizadas – duas nas Beiras e uma no Algarve – o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno ruma agora ao Ribatejo e Alto Alentejo para nos dias 27 e 28 de abril disputar a 32ª edição do Raid Ferraria, que vai percorrer as pistas dos concelhos de Abrantes e Gavião.

À partida para esta quarta jornada do CNTT 2019 que junta 130 equipas repartidas por Motos, Quads e SSV – aos quais se junta mais uma jornada do Troféu Mini Baja – Daniel Jordão (Yamaha) e Salvador Vargas (KTM) nas motos, Luís Engeitado nos Quad (Yamaha) e Pedro Santinho Mendes (Can-Am) nos SSV lideram as respetivas classificações do Campeonato.

PUB

Com 65 equipas inscritas – recorde desta temporada – os SSV serão seguramente o grande polo de atração do Raid Ferraria 2019. Ao vencer no Pinhal e em Loulé, Pedro Santinho Mendes ultrapassou Vítor Santos, vencedor em Góis, e lidera uma competição onde, para cada corrida, há mais de uma dezena de candidatos à vitória. João Dias, Pedro Carvalho, João Monteiro, Nuno Fontes, Aristides Júnior e Cristiano Batista entre diversos outros pilotos, todos eles aos comandos dos super competitivos Can-Am Maverick X3, são fortes candidatos à vitória. De registar o regresso às competições por parte de David Tubarão, Paulo Delgado, Luis Portela de Morais e Nuno Madeira todos eles pilotos de elevada qualidade. Referência ainda para a estreia nos SSV por parte de Vitor Lopes, mais um piloto das duas rodas a dar o salto para esta disciplina.

A 32ª edição do Raid Ferraria, que vai percorrer as pistas dos concelhos de Abrantes e Gavião. Foto arquivo: mediotejo.net

Nas motos e apesar de ser notória a existência de um núcleo duro de pilotos que vai lutar este ano pelo título – Daniel Jordão (Yamaha), Salvador Vargas (KTM) que venceram no Pinhal e em Góis e Bernardo Megre (Husqvarna), que lidera a Classe TT1, e se mostra também capaz de se intrometer nessa luta – o XXXII Raid Ferraria acrescenta João Lourenço (Beta) que venceu no Algarve e parece ter-lhe tomado o gosto, Sebastian Bühler, vice-campeão em 2017 e que no Dakar deste ano entrou para a alta roda do motociclismo mundial e Bruno Santos campeão Rally Raid que esteve em excelente plano na sua estreia no Merzouga Rally. Dois pilotos que vão competir de Husqvarna, o primeiro na Classe TT2 e o segundo na Classe TT3. Arcélio Couto (Honda), Domingos Santos (AJP) e agora também Gonçalo Amaral (Honda), são os principais candidatos às posições seguintes.

Nos Quad, onde Luís Engeitado, que com três segundos lugares lidera o campeonato, a presença de Roberto Borrego, que ganhou no Pinhal e em Loulé é uma referência incontornável para assegurar que o espetáculo está garantido. A eles juntam-se entre outros o vice-campeão Filipe Martins, e o espanhol Teo Viñaras que tal como em Portalegre opta pelos Quad em detrimento do SSV.

Para a segunda jornada do Troféu Mini Baja vão estar presentes uma dezena de pilotos. No Pinhal foram vencedores Ândria Sousa (Mini Moto 1), João Duarte (Mini Moto 2) e Rodrigo Alves (Mini Quad) que repetem a sua participação.

O 32º Raid TT da Ferraria disputa-se nos dias 27 e 28 de abril. A prova arranca no sábado com a realização da primeira etapa que compreende um setor seletivo de 42,5 quilómetros. No domingo os concorrentes terão pela frente uma dupla passagem por um troço com 88 quilómetros.

*c/AUTOSPORT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here