Futsal | Braga evita nova surpresa do Eléctrico e está na final da Taça da Liga

O Sporting de Braga confirmou hoje o favoritismo e apurou-se para a final da Taça da Liga de futsal, ao vencer o Eléctrico, por 4-1, na primeira meia-final.

PUB

No terceiro dia da final a oito, em Sines, os bracarenses, quartos classificados do campeonato, não permitiram nova surpresa ao conjunto de Ponte de Sor, que, na véspera, tinha afastado o campeão nacional Sporting, vencedor das duas primeiras edições.

Apesar de ter chegado pela primeira vez à final da Taça da Liga, o Braga já esteve em três finais, duas da Taça de Portugal e uma do campeonato, mas ainda procura o primeiro título.

Com uma melhor entrada no encontro, o Sporting de Braga adiantou-se no marcador logo aos seis minutos, por Marinho, após uma combinação com o pivô Cássio.

Este golo e a forma como a equipa tinha entrado na partida obrigou o treinador do Eléctrico a pedir um desconto de tempo, e a equipa do distrito de Portalegre marcou mesmo aos nove minutos, mas Pina ajeitou a bola com a mão antes de rematar.

PUB

O Braga manteve-se por cima do encontro até ao final da primeira parte, valendo ao Eléctrico a boa exibição do guarda-redes Diogo Basílio.

Taça da Liga de Futsal: Braga/AAUM 4 – 1 Eléctrico FC

O SC Braga/AAUM Futsal é o primeiro finalista da Taça da Liga de Futsal! Os bracarenses carimbaram a passagem com uma excelente vitória sobre o Eléctrico Futebol Clube – Futsal!

Publicado por Futebol em Português em Sábado, 12 de janeiro de 2019

Para a segunda parte, o Eléctrico entrou mais rematador e a pressionar mais, mas Wendell acabou por ‘trair’ a sua equipa com um autogolo aos 22 minutos.

Contudo, a vantagem de 2-0 durou apenas alguns segundos, pois o Eléctrico, no minuto seguinte, acabou por reduzir por Fuzo, a concluir uma boa jogada.

As possibilidades da equipa alentejana chegarem à final terminaram já nos 10 minutos finais, com golos de João Abreu (31) e Nilson (34).

O Eléctrico ainda tentou usar o guarda-redes avançado, mas foi incapaz de reduzir, tendo mesmo falhado um livre direto aos 36 minutos, por Wendell.

Na final, marcada para domingo, em Sines, o Sporting de Braga vai jogar com o vencedor do encontro entre o Benfica, detentor do troféu, e o Módicus.

Eléctrico elevou bem alto o nome de Ponte de Sôr e do Alto Alentejo. Foto: FPF

Ficha de jogo:

Jogo no Pavilhão Multiusos de Sines.

Sporting de Braga – Eléctrico,

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Marinho, 06 minutos.

2-0, Wendell, 22 (própria baliza).

2-1, Fuzo, 23.

3-1, João Abreu, 31.

4-1, Nilson, 34.

Sob arbitragem de Filipe Duarte e Wilson Soares, as equipas alinharam:

– Sporting de Braga: Vítor Hugo, Nilson, Tiago Correia, Cássio Coelho, Coelho. Jogaram ainda: Marinho, Tiago Fernandes, André Machado, João Abreu, Rui Silva, João Mikus e Ricardo Lopes.

Treinador: Paulo Tavares.

– Eléctrico: Diogo Basílio, Fuzo, Rafael Bocum, Ilídio Pina, Wendell. Jogaram ainda: Ruizinho, Eduardo Ricardo, Rafa, Marinho, Xandinho, Filipinho e Nem.

Treinador: Kitó Ferreira.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Vítor Hugo (25).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here