Futebol | Tomar valoroso empata Cartaxo em crescendo

Tomar e Cartaxo empataram 2-2 na cidade templária. Foto: João Flores

Jogo muito difícil para a equipa da casa perante um Cartaxo que, depois de ter mudado de treinador pela terceira vez, acabou por encontrar em João Sousa um técnico que trouxe outras perspectivas à equipa e  ideias mais arrumadas pelo que o Cartaxo começou a olhar para cima da tabela, mesmo sabendo que não é fácil apanhar os dois da frente.

PUB

Nesse sentido, e apesar de o União de Tomar a jogar em sua casa ser sempre um adversário difícil e que perante o seu público raramente perde, o Cartaxo mesmo assim era o favorito, sobretudo para não perder mais pontos.

Cartaxo esteve em vantagem mas União de Tomar conseguiu chegar ao empate. Foto: João Flores

Apesar de algum domínio inicial dos visitantes, o União de Tomar soube aguentar as investidas do Cartaxo à sua baliza e espreitava o contra golpe. Como aconteceu no primeiro golo, num lance de contra ataque rápido, com João Pedro a centrar para excelente cabeceamento de Andersson a fazer o primeiro golo na primeira vez que o União de Tomar conseguiu chegar junto da baliza adversária. Foi contra a corrente do jogo, mas foi um golo bem conseguido.

Mas a vantagem do U. Tomar durou apenas três minutos. Na sequência de um pontapé de canto, Jeferson fez valer a sua estatura e fez o empate, resultado que até ao final da primeira parte não se alteraria.

Jogo bem disputado com divisão de pontos entre Tomar e Cartaxo. Foto: João Flores

Na segunda parte  o jogo baixou o ritmo, com muitos dos lances a serem disputados a meio campo, mas com o Cartaxo a colocar jogadores vindos do banco que, mais frescos e com qualidade, acabariam por chegar ao segundo golo através de Luciano, após bom centro de Wemerson, jogador que deixou saudades em Tomar. A partir daqui quase não houve jogo, porque o Cartaxo fazia tudo com muita calma e só pensava no apito final do árbitro da partida.

PUB
Cartaxo e União de Tomar empataram 2-2. Foto: João Flores

Apesar de não ter as mesmas armas, o União de Tomar não cedeu e sempre que podia procurava chegar junto da baliza adversária e fazer o golo do empate, o qual chegou bem perto do fim por Pires, obrigando à divisão de pontos.

A arbitragem teve algumas dificuldades, pois houve muitas faltas e algumas quezílias entre os jogadores, mas  o árbitro e seus pares acabaram por realizar uma boa prestação.

Cartaxo e União de Tomar lutaram muito pela obtenção da vitória tendo o resultado final sido de um empate. Foto: João Flores

Ficha de jogo:

Árbitros: Roberto Felisberto, Pedro Francisco e Alexandre Sabugueiro.

U. Tomar: Nuno Ribeiro, David Vieira (André Lopes), Douglas (Kiko), Filipe Cotovio, Diogo Gaspar, Nathan, Rui Lopes (Flávio Graça), Nuno Rodrigues (cap.), Pires, João Pedro, Anderson.

Treinador: Lino Freitas

Suplentes não utilizados: Brito, Monteiro, Telmo Ferreira, Nati.

S. L. Cartaxo:

Sabá, Blessed, Jeferson, Clécio cap. (Lote), Tomás, Wemerson, Samuelzinho (Luciano), Hemiliano (Rubem Teixeira), Itallo, Marco Soares, Luis.

Treinador: João Sousa

Suplentes não utilizados: Bruno, Bruno Cunha, Dio, Emerson.

Golos: 17 min Anderson, 20 mim Jeferson, 69 min Luciano, 89 min Pires.

*Jorge Duarte – parceria rádio Hertz/mediotejo.net

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here