Futebol/Taça do Ribatejo | Tomar cai em Coruche após desempate por penaltis

Coruchense afastou o Tomar e vai defrontar o Abrantes e Benfica na meia final da Taça do Ribatejo. Foto: JD

Jogo muito complicado entre Coruchense e União de Tomar com ambas as equipas a assumirem o natural desejo de seguirem em frente rumo às meias finais da Taça do Ribatejo. O favoritismo pendia para a equipa da casa, porque vai em primeiro no  campeonato da 1ª divisão distrital e tem mais argumentos que os tomarenses, mas o União de Tomar, atual detentor do troféu, bateu-se com galhardia, tendo sido afastado apenas na marcação de grandes penalidades.

PUB

O Coruchense entrou melhor no jogo e teve quinze minutos de futebol de bom nível, criando algumas oportunidades mas que não resultaram em golo.

Coruchense apurou-se para as meias finais da Taça do Ribatejo, tendo afastado o atual detentor do troféu. Foto: JD

Quando o União de Tomar conseguiu equilibrar o jogo e a partida parecia caminhar para o seu melhor período, aconteceu o pior para o espetáculo, com a expulsão  de Mike, jogador do Coruchense. Ao responder a uma entrada faltosa  de Flávio Graça, o jogador do Coruchense viu o cartão vermelho direto, complicando a vida ao seu  treinador André Luís, assim como aos colegas de equipa.

O Coruchense, a jogar perante os seus adeptos, passou a jogar de forma condicionada nas suas ações, pois faltava uma peça no seu xadrez.

O União de Tomar viu-se obrigado fazer uma substituição ainda no primeiro tempo, pois Flávio teve que seguir para o Hospital para ser observado, depois de um choque com Mike. O União de Tomar meteu mais um avançado, Rafael Santana, o que veio permitir alargar a frente de ataque, mas os  jogadores da casa, responderam bem, segurando o empate a zero até ao  intervalo.

PUB

Com poucas situações de golo, o empate era justo ao intervalo.

Foto: JD

Na segunda parte continuou o mesmo filme dos últimos minutos da  primeira parte, mais União de Tomar na posse de bola, com os jogadores  da casa a procurarem o espaço vazio deixado pelos tomarenses e espreitando assim o contra ataque ou uma jogada fortuita que lhe desse  o golo.

E foi precisamente o que acabaria por acontecer quando Joel,  após um pontapé de canto e uma insistência para a área, fez o  primeiro golo do jogo, deixando o União de Tomar a correr atrás do  prejuízo.

O União de Tomar tentava, mas parecia que mesmo com menos um jogador o Coruchense iria levar a melhor. Mas André Lopes acabou por colocar  alguma justiça no marcar ao cair do pano, levando o jogo para as  grandes penalidades, onde desta vez o União de Tomar não foi tão feliz.

A arbitragem de Roberto Felisberto não foi perfeita, mas esteve bem ao nível dos acontecimentos do jogo. Foto: JD

O Coruchense venceu por 3-0 e segue em frente na Taça do Ribatejo, indo agora defrontar com o Sport Abrantes e Benfica na disputa do acesso à final da competição. A arbitragem de Roberto Felisberto não foi perfeita, mas esteve bem ao  nível dos acontecimentos do jogo.

FICHA DE JOGO:

Arbitros: Roberto Felisberto, Pedro Francisco e Alexandre Sabugueiro.

Coruchense:

Gonçalo Guerra, Rodrigo, Cajarana, Heta, Mike, Semeano (cap.), João  Costa, Joel, David Silva (Sadjo), Miguel Seninho (Lourenço), Kevin.

Treinador: André Luis.

Suplentes Não utilizados: Nuno Carrapato, Capeto, Serge, Luis Carlos,  Gonçalo Benavente.

União de Tomar:

Nuno Ribeiro, David Vieira, Allan, Fabio Vieira, Filipe Cotovio, Douglas (Pinto), Rui Lopes (João), Nuno Rodrigues(cap), Flávio  Graça (Rafael Santana), João Pedro (André Lopes).

Treinador: Lino Freitas.

Suplentes não utilizados: Brito, Telmo, Diogo Gaspar.

Golos: 67 min Joel, 90 min André Lopes.

Nas grandes penalidades: Coruchense 3 União de Tomar 0

*Jorge Duarte – parceria rádio Hertz e mediotejo.net

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here