Futebol/Juniores | Abrantes e Benfica garante subida de divisão após vitória sobre Porto Alto (c/FOTOS e AUDIO)

Sport Abrantes e Benfica vence o Porto Alto e garante um dos lugares de subida à primeira divisão distrital.

Sport Abrantes Benfica 3 – 1 Associação Recreativa do Porto Alto

PUB

9ª jornada – Campeonato Distrital II divisão de juniores/apuramento de campeão/Subida

Estádio Municipal de Abrantes, Abrantes – 13-04-2019

Foi num ambiente bonito que o Abrantes e Benfica recebeu e venceu o Porto Alto (AREPA), num jogo que garantia a subida de divisão. A equipa da casa levou a melhor por 3-1 e assegurou desta forma uma das três posições que dão acesso à 1ª divisão distrital de juniores para a próxima época desportiva. O título de campeão vai ser disputado na ultima jornada no campo do Vilarense, que também assegurou no sábado a subida de divisão.

Equipas perfiladas.

Relativamente ao jogo propriamente dito, este iniciou-se numa toada muito calma e tranquila por parte dos homens liderados por Fábio Barrocas. A equipa queria construir jogo desde a sua defesa e de forma criteriosa. Sem grandes pressas, tentava acercar-se da área contrária com investidas quer pelos flancos quer pelo centro do terreno. Ainda assim, o perigo não era evidente e essa maior posse de bola acabaria por raras vezes se traduzir em situações de finalização dignas de causar calafrios ao adversário.

PUB
O Sport Abrantes e Benfica começou com mais posse de bola na partida.

Calafrios sentiu a equipa da casa com as investidas que o Porto Alto acabaria por ter desde cedo na partida, em virtude da estratégia preparada para o jogo que passava por apostar num futebol muito direto, tirando o maior proveito da velocidade dos seus jogadores mais avançados no terreno. Foi num lance deste tipo que surge a primeira grande oportunidade de golo, logo aos 5 minutos. Numa reposição de bola do guarda-redes da equipa visitante, a mesma chega ao seu avançado que, após ganhar em velocidade à defesa adversária, isola-se perante Mascate. O remate saiu ao lado da baliza.

Apesar da maior posse de bola o Abrantes não conseguia causar grande perigo junto da baliza adversária.

Num lance algo semelhante, apenas três minutos depois, e novamente isolado, o avançado do AREPA permite uma boa intervenção do guarda-redes abrantino, evitando o golo. Mostrava ao que vinha a equipa do concelho de Benavente, tendo causado alguns calafrios à equipa do Abrantes e Benfica, que apenas necessitava de um empate para assegurar a subida de divisão.

Assistia-se a um bom jogo em Abrantes. A equipa da casa, fiel a si própria, continuou com a calma e tranquilidade que até então lhe estava a ser característica. Ajustou a sua defesa face à velocidade que os avançados adversários estavam a impôr nos contra-golpes, e passaram novamente a dominar o jogo, controlando a posse de bola.

As melhores ocasiões de golo até então pertenceram à equipa de Porto Alto.

Aos 28 minutos, numa excelente jogada individual, Miguel Domingues coloca-se frente a frente com o guarda-redes. Nada egoísta, toca para o lado, servindo Rodrigo Carraceno que estava em ótima posição e com a baliza completamente à sua mercê. Este não não se fez rogado e colocou o marcador em 1-0. Equipa muito adulta aquela que se via no terreno de jogo.

Rodrigo Carraceno abre o marcador em Abrantes.

A equipa da Associação Recreativa de Porto Alto não tardaria a responder e, num livre cobrado para o interior da área do adversário, os homens da casa não conseguem cortar o lance. Já com a bola nos pés, Xavier Cruz não vacila e empata a partida com um toque subtil sobre o guarda-redes. Estava feito o 1-1 aos 32 minutos de jogo. Até ao intervalo o jogo passou a ser mais disputado, com a posse de bola mais repartida mas longe de ambas as áreas, sem lances de perigo assinalável.

Xavier Cruz repõe a igualdade no marcador.

A segunda metade trouxe um jogo completamente diferente. O Abrantes e Benfica asfixiou por completo o adversário sem que a equipa de Porto Alto conseguisse sair do seu reduto defensivo. Num jogo de sentido único a partir deste momento parecia inevitável que o golo iria surgir e assim foi.

Aos 21 minutos da segunda metade, Luís Henrique entrava na partida para a saída de Artur. Aposta ganha dos homens de Abrantes, pois, apenas com 1 minuto de jogo, na sua primeira ação na partida, é Henrique quem se enche de fé, e, à “lei da bomba”, coloca o marcador em 2-1. Alguma responsabilidade para o guarda-redes que podia ter feito mais.

Acabado de entrar Luis Henrique voltava a colocar a equipa da casa em vantagem.

Acabaria por ser o mesmo Henrique que aos 80 minutos acabaria por sentenciar a partida também num remate de fora de área, desta feita sem hipótese para Pedro Monteiro. Estava feito o 3-1 final. Vitória justa da melhor equipa em campo num jogo muito importante nas aspirações de ambas as formações. O Abrantes e Benfica carimbou a subida à 1ª divisão distrital.

Já no final do jogo ambas as equipas reuniram e foi visível o contraste da alegria e da desilusão estampados nos rostos dos jogadores das duas formações.

No final do jogo a equipa Abrantina festejou a subida de divisão.

Nota ainda para uma arbitragem irrepreensível, num jogo sem grandes complicações conseguiram manter o critério e atuar da melhor forma em cada lance disputado.

Ficha de jogo:

Sport Abrantes e Benfica: João Mascate; Pedro Gonçalves; José Pires; Miguel Silva; David João; João Rosa; Luis Felix; Pedro Damas; Artur Amaro; Rodrigo Carraceno; Miguel Domingues.

Suplentes: Pedro Oliveira; Gonçalo Gil; João Mendes; Alex Lucas; António Fernandes; Luis Pereira.

11 inicial da equipa do Sport Abrantes e Benfica.

AREPA: Pedro Monteiro; Diogo Santos; Gabriel Coutinho; Rafael Lemos; Joel Gonçalves; Rafael Miranda; Diogo Valentim; Xavier Cruz; Jorge Gonçalves; Gonçalo Silva; Pedro Pinheiro.

Suplentes: Diogo Dias; João Pinheiro; Vicente Cardoso; Dan Budaianu; Valter Carrajola.

11 inicial da equipa da Associação Recreativa de Porto Alto.

Equipa de arbitragem: João Faria; Diogo Martinho; Tiago Martinho.

Equipa de arbitragem.

No final do jogo ambos os treinadores fizeram uma análise à partida.

Treinador do Sport Abrantes e Benfica – Fábio Barrocas.

Treinador do Sport Abrantes e Benfica – Fábio Barrocas

Treinador do AREPA – João Mourato

Treinador do AREPA, João Mourato.

Parabéns pela subida à primeira distrital, juniores do Sport Abrantes e Benfica. Parabéns pelo aniversário, António Carvalho. Abraço.

Publicado por José Belém em Domingo, 14 de abril de 2019

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here