Futebol/Juniores | Abrantes e Benfica ganha ao Fazendense em partida escaldante

Sport Abrantes e Benfica 3 – 0 Associação Desportiva Fazendense

PUB

7ª jornada – Campeonato Distrital II divisão de juniores/apuramento de campeão/subida

Estádio Municipal de Abrantes, Abrantes.

30-03-2019

Equipas perfiladas

Numa tarde quente de Primavera, assistiu-se em Abrantes a uma boa partida de futebol de juniores entre a equipa da casa e a Associação Desportiva Fazendense. Os abrantinos acabaram por ficar com os três pontos vencendo os homens de Almeirim por 3-0, e lideram a fase de apuramento de campeão e de subida à 1ª divisão distrital. Sobem três equipas. 

PUB
SAB vence Fazendense por 3-0.

A equipa visitada acabou por iniciar melhor a partida, com mais posse de bola, mais dominante, e com alguma naturalidade chegava à baliza adversária causando situações de perigo. O momento de maior frissom junto da baliza do guarda-redes do Fazendense acabou por surgir aos 23 minutos numa excelente desmarcação de Miguel Domingues. A bola acabou por morrer nas mãos do guarda-redes. 

Aos 27 minutos, o mesmo Miguel Domingues numa jogada semelhante acaba mesmo por chegar à bola primeiro que o guarda-redes adversário e colocou a bola por cima do mesmo. O esférico só não entrou porque valeu o corte em cima da linha de baliza por parte do defesa central da equipa forasteira.

SAB melhor durante toda a primeira parte.

Numa pressão muito forte exercida pela equipa da casa, sempre com o avançado Miguel Domingues como o seu elemento mais esclarecido, a equipa de Abrantes acabaria mesmo por se adiantar no marcador aos 33 minutos da partida.

Com uma boa arrancada do avançado da casa, e já na cara do guarda redes, quando este tenta desviar a bola do seu alcance o mesmo acaba por derrubá-lo dentro de área e o árbitro assinala o respetivo penalti para o Sport Abrantes e Benfica. Encarregue de converter a grande penalidade, da marca dos 11 metros, o camisola 9 não desperdiça e atira a contar para o fundo das redes. Até final da primeira parte a toada do jogo não sofreu alterações, com o Abrantes sempre a manter o controlo da partida.

No inicio do segundo tempo o jogo mudou de figura. Os homens de Almeirim entraram mais pressionantes, a recuperar mais bolas, não dando tanto espaço para a equipa da casa trocar a bola a seu belo prazer. E isso refletiu-se em momentos de bom futebol por parte da equipa do Fazendense. Nesse período de jogo chegou mesmo a pedir-se penalti dentro da área do Abrantes, num lance algo semelhante ao que havia dado vantagem à equipa orientada por Fábio Barrocas. Carolina Vieira, a juíza da partida, mandou jogar.

Equipa de Almeirim entrou melhor na segunda parte.

Contra a corrente do jogo, aos 25 minutos do segundo tempo, o Sport Abrantes e Benfica, numa boa combinação, acaba por conseguir uma oportunidade de finalização. Após uma excelente defesa do guarda-redes, a remate de Zé Paulo, a bola sobra para Artur Amaro (entrado no inicio da segunda parte) que, sem oposição, faz o 2-0.

Artur tomou-lhe o gosto e apenas 3 minutos depois, após uma boa jogada individual, tira o seu mais direto adversário do caminho e atira para a defesa do guarda-redes de Almeirim. O mesmo Francisco Duarte acabaria um minuto depois por ter de se aplicar novamente a um remate de Luis Afonso. Estava em grande o Abrantes nesta fase e respondia a preceito o guarda-redes forasteiro.

SAB contra a corrente do jogo amplia a vantagem.

O jogo estava bonito, bem disputado entre duas grandes equipas, mas acabou por ficar marcado por momentos de grande confusão e conflito junto dos bancos de suplentes, entre jogadores e dirigentes dos clubes. Dessa confusão regista-se apenas que o resto do jogo foi disputado com o Abrantes a jogar com 10 jogadores e o Fazendense terminou a partida reduzido a 9 jogadores.

Reatada a partida, porque o que interessa é o futebol jogado, a equipa de Abrantes acabaria por fixar o marcador em 3-0 a cinco minutos do fim. Numa boa combinação, Luis Afonso coloca-se na cara do guarda-redes e desta vez Francisco Duarte nada pôde fazer.

Vitória da melhor equipa em campo.

Vitória justa da equipa da casa contra uma equipa de Almeirim muito organizada e que vendeu cara a derrota. De registar a forma como a equipa de arbitragem, com um critério muito largo, deixou jogar duas equipas empenhadas em vencer e que gostam de ter a bola nos pés, e, pela forma como soube lidar com todas as situações tentando resolvê-las da melhor forma. Tarde positiva para a equipa liderada por Carolina Vieira. 

Equipa de arbitragem com nota positiva.

FICHA DE JOGO: 

Sport Abrantes e Benfica: João Francisco; José Paulo; André Manuel; Pedro António; Pedro Gonçalves; João Rosa; Luis Pereira; Miguel Silva; Rodrigo Carraceno; Miguel Domingues; Miguel Domingues; Luis Afonso.

Suplentes: Pedro Oliveira; António Fernandes; João Mendes; Alex Lucas; David João;Ruben Paulista; Artur Amaro.

Treinador: Fábio Barrocas

11 inicial do Sport Abrantes Benfica

Associação Desportiva Fazendense: Francisco Duarte; João Calado; João Cristovão; Gonçalo Lopes; Miguel Nascimento; Marcelo Lopes; Douglas Andrade; Diogo Mendeiros; João Silva; Miguel Mauricio; João Mole.

Suplentes: Francisco Alves; Afonso Simões; João Água; Diogo Geronimo; André Fernandes; Afonso Seixas; Mateus Jesus.

Treinador: Saraiva de Oliveira

11 inicial do Fazendense

Equipa de arbitragem: Carolina Vieira; Daniela Ferreira; Filipe Baptista.

Ambos os treinadores falaram no final da partida.

Treinador do Sport Abrantes e Benfica – Fábio Barrocas:

Treinador do Sport Abrantes e Benfica – Fábio Barrocas

Treinador da Associação Desportiva Fazendense – Saraiva de Oliveira

Treinador do Fazendense – Saraiva de Oliveira
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here