Entroncamento | Trabalhadores do Centro Distribuição Postal dão voto de confiança à empresa

Depois de uma semana de greve, os trabalhadores do Centro Distribuição Postal do Entroncamento deram um voto de confiança à empresa . Foto: SNTCT

Os trabalhadores do Centro de Distribuição Postal do Entroncamento, em Santarém, que cumpriram uma semana de greve, deram hoje “um voto de confiança” à empresa, depois de o diretor regional dos CTT ter admitido atitudes menos corretas.

PUB

“Congratulamo-nos efetivamente pela atitude que a empresa tomou hoje. Lamentamos, no entanto, que não a tenha tomado há 15 dias, quando nós iniciámos este processo. Muita coisa poderíamos ter evitado, como os atrasos na entrega de correio”, disse à Lusa Dina Serranho, do Sindicato dos Trabalhadores de Correios e Telecomunicações (SNTCT), adiantando que os trabalhadores deram um “voto de confiança à empresa”.

A sindicalista falava depois de uma reunião plenária com o diretor regional dos CTT.

Os dez trabalhadores do Centro de Distribuição Postal do Entroncamento realizaram uma greve parcial de duas horas diárias, entre 08 e 15 de outubro, em protesto pelas condições em que prestam o serviço.

Durante a reunião, que durou várias horas, foi revelado que a empresa reconheceu que não “tratou os trabalhadores como deveria”, admitindo casos de “falta de respeito e pressão psicológica sobre os trabalhadores”.

PUB

No entanto, Dina Serranho lamentou o facto de a posição da empresa não ter sido demonstrada há 15 dias, antes do início da greve, acrescentando que os trabalhadores vão estar atentos à implementação de novas políticas.

“[A empresa] reconheceu hoje em plenário, mas nós lamentamos que não o tenha feito há 15 dias, que teria evitado todas estas chatices”, disse a porta-voz.

Caso não se verifiquem alterações, os trabalhadores voltarão a reunir-se e decidirão novas formas de luta, revelou Dina Serranho.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here