Entroncamento | Obras no Parque do Bonito avançam por ajuste direto

Parque Verde do Bonito (Foto: mediotejo.net)

Ao concurso para estabilização das margens da albufeira do Parque do Bonito, no Entroncamento, não se apresentou qualquer empresa. Perante a situação de concurso deserto, a Câmara Municipal decidiu, na reunião do dia 16, avançar com a obra recorrendo ao procedimento por ajuste direto.

PUB

Conforme explicou aos restantes eleitos o presidente Jorge Faria (PS), a Câmara pode avançar “desde que não haja alteração substancial das condições anteriores”. No caso, mantém-se tudo como estava previsto no processo do concurso público: caderno de encargos, plano de trabalhos, valor base e prazo de execução.

O ajuste direto vai ser efetuado com a empresa Desarfate, Desaterros de Fátima Lda., por 272.548 euros, sendo o prazo de execução de seis meses.

Segundo uma nota do município, nos últimos anos, a albufeira do Parque Verde do Bonito “tem sofrido alguns problemas de estabilidade nas margens devido à erosão”.

Por isso torna-se “necessária e urgente uma intervenção estruturada nas margens de forma a garantir a segurança dos visitantes do Bonito e a maior longevidade das infraestruturas daquele espaço”, refere a mesma nota.

PUB

A empreitada tem como objetivos a remoção de espécies vegetais exóticas invasoras, a estabilidade de taludes e margens, o controlo de erosão e retenção de sedimentos em taludes e margens, a reabilitação ecológica, a melhoria do sistema de drenagem e a limpeza e recuperação das estruturas de madeira existentes.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here