Crónica fotográfica, por Paulo Jorge de Sousa

Foto: Paulo Jorge de Sousa

Hoje, dia 27 de janeiro, assinala-se o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. Lembra-se, assim, a libertação do principal campo de concentração nazi, Auschwitz, localizado na Polónia, pelas tropas da União Soviética.

PUB

Não tem a ver com a nossa região diretamente, mas tem a ver connosco enquanto pessoas e cidadãos do mundo, sendo nós de qualquer continente, de qualquer raça ou de qualquer credo. E lembrar esta data nunca é demais.

Sobretudo pelos recentes acontecimentos em Portugal em que parece que toda a gente se lembrou de se manifestar contra a presença de outras raças e tomar uma posição pública nas redes sociais, onde se declaram do lado da policia.
Haja bom senso. Um bom domingo.

(Fotografia: Sardoal, setembro de 2018)

Nasceu no Sardoal em 1964, e é licenciado em Fotografia. Fez o Curso de Fotojornalismo com Luíz Carvalho do jornal “Expresso” (Observatório de Imprensa). É formador de fotografia com Certificado de Aptidão Profissional (registado no IEFP). Faz fotografia de cena desde 1987, através do GETAS - Centro Cultural, do qual também foi dirigente e fotografou praticamente todos os espetáculos. Trabalha na Câmara Municipal de Sardoal desde 1986 e é, atualmente, Técnico Superior, editor fotográfico e fotógrafo do boletim de informação e cultura da autarquia “O Sardoal” e de toda a parte fotográfica do Município. É o fotógrafo oficial do Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal. Em 2009, foi distinguido pela rádio Antena Livre de Abrantes com o galardão “Cultura”, pelo seu percurso fotográfico. Conta com mais de meia centena de distinções nacionais e internacionais. Já participou em dezenas de exposições individuais e coletivas.
Artigo anteriorEntroncamento | Novos equipamentos e materiais didáticos estão a chegar às escolas
Próximo artigoAbrantes | Loja do Cidadão abre segunda-feira com multiplicidade de serviços

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here