Coordenadores da Comissão de Ambiente analisam situação da central nuclear de Almaraz

Os coordenadores das diferentes bancadas na Comissão Parlamentar de Ambiente reúnem-se na quinta-feira, de forma extraordinária, para analisarem a situação na central nuclear de Almaraz, em Espanha, disse hoje à agência Lusa fonte do Bloco de Esquerda.

PUB

PUB

Hoje, o Bloco de Esquerda manifestou apreensão face aos alertas de falhas de segurança na central nuclear de Almaraz (Espanha) e requereu ao Ministério do Ambiente informações sobre uma situação que coloca em risco as águas do rio Tejo.

No requerimento do Bloco de Esquerda, ao qual a agência Lusa teve acesso, refere-se que uma inspeção realizada recentemente concluiu pela ausência de garantias suficientes “para que haja uma expetativa razoável de que os sistemas de refrigeração da central, básico para impedir acidentes, possa atuar em caso de necessidade”.

“Fontes do Conselho de Segurança Nuclear (CSN) afirmam mesmo que tais falhas deveriam motivar a paragem imediata do reator ainda em funcionamento. Já em setembro de 2015 e agora em 2016 houve problemas com as bombas de arrefecimento na central nuclear, que aparentemente não foram bem resolvidos”, adverte-se no documento do Bloco de Esquerda.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here