Constância | Ferido grave em explosão de quadro elétrico na fábrica do Caima

Celulose do Caima em Constância (Foto: DR)

A explosão de um quadro elétrico provocada por curto circuito na Fábrica de Celulose do Caima, em Constância, provocou esta madrugada ferimentos na face e ao nível das vias respiratórias a um eletricista que teve de ser transportado de helicóptero para uma Unidade de Queimados no Porto.

PUB

“Foi um acidente de trabalho com um eletricista que estava a reparar um quadro elétrico que explodiu na fábrica do Caima e provou ferimentos ao nível da face e que atingiu as vias respiratórias”, disse ao mediotejo.net o comandante dos bombeiros voluntários de Constância.

Segundo Adelino Gomes, o homem foi transportado para o hospital de Abrantes com um “quadro clínico inicial de ferido ligeiro, mas dali, e face às queimaduras nas vias respiratórias, teve de ser helitransportado para a Unidade de Queimados do hospital de São João”, no Porto.

À fábrica deslocaram-se os bombeiros voluntários de Constância e a VMER do Médio Tejo.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here