Constância | Autarquia pretende reforçar trabalho em rede nas bibliotecas do concelho

Reunião de Câmara pública de Constância decorreu, dentro do calendário de sessões descentralizadas, na sede da Associação Aldeiense, em Santa Margarida da Coutada. Foto: mediotejo.net

Foi aprovada por unanimidade a proposta para assinatura de novo Protocolo de Cooperação da Rede de Bibliotecas do Concelho de Constância. Esta proposta surge com intuito de atualizar e reforçar um protocolo já celebrado em 2011, dando-lhe atualidade, conferindo-lhe novos objetivos, e reforçando o trabalho em rede entre as instituições.

PUB

Ana Filipa Montalvo (PS), vereadora da CM Constância, explicou à comunicação social que se pretende “concretizar mais o sentido de rede, e que aproveitemos quer a Associação da Casa-Memória de Camões, quer a Biblioteca Municipal e rede de bibliotecas escolares, de forma a complementar melhor o serviço e oferta destas instituições”.

A ideia é que haja “maior circularidade de livros, que os eventos sejam melhor construídos, que se continue o apelo à literacia, e que se apele ao gosto pela leitura” referiu a responsável, indicando que se pretende dar continuidade ao trabalho que tem sido feito, mediante um protocolo que já “estava obsoleto por ser de 2011”.

“Os objetivos da rede foram crescendo, esta parceria foi crescendo também, e refazer o protocolo revelou-se uma necessidade a esta parte”, afirmou Ana Filipa Montalvo.

Por outro lado, passa a existir maior responsabilização das três partes envolvidas, para que “se trabalhe em equipa”, algo que é considerado pela eleita “mais fundamentado, mais válido e podemos ser muito bons sozinhos, mas acompanhados somos muito melhores”.

PUB

Quanto à ligação entre as instituições e integração da rede de bibliotecas escolares, a vereadora notou ser de trato fácil, uma vez que é um concelho “num meio pequeno e onde nos conhecemos todos, o que torna estas parcerias muito mas fáceis, porque a comunicação também o é”.

“Se temos estas valências, temos o empenho do Município, Agrupamento de Escolas, da Associação Casa-Memória de Camões, é de valorizar e continuar a alimentar (…) e criar mais objetivos e quanto mais objetivos tivermos, mais vamos progredindo e conseguindo alcançar o nosso objetivo que é ter das melhores bibliotecas a nível regional”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here