Constância | Alunos do concelho vão estagiar na Brigada Mecanizada (c/fotos)

Os alunos do concelho que frequentam cursos profissionais vão poder realizar estágios na Brigada Mecanizada, sediada no Campo Militar de Santa Margarida, a partir deste ano letivo. O protocolo de colaboração entre o Exército Português, através da Brigada Mecanizada, e o Agrupamento de Escolas de Constância foi assinado em meados de stembro na Escola Básica e Secundária Luís de Camões na presença dos estudantes beneficiados pelo novo projeto conjunto das comunidades escolar e militar.

PUB

As aulas já começaram no Agrupamento de Escolas de Constância com 58 alunos matriculados nos cursos profissionais do ensino secundário e este ano existe uma novidade para eles uma vez que, a partir deste ano letivo, vão poder realizar os seus estágios na Brigada Mecanizada, sediada no Campo Militar de Santa Margarida. A parceria neste âmbito entre o Exército Português, através da Brigada Mecanizada, e o Agrupamento de Escolas de Constância foi oficializada na escola-sede do agrupamento.

O acordo estabelecido permite a realização de ações de formação em contexto de trabalho, competindo à Brigada Mecanizada assegurar as instalações e os equipamentos necessários, assim como acompanhamento técnico. O Agrupamento de Escolas, por seu lado, assegura o transporte, com apoio da Câmara Municipal de Constância, e o acompanhamento dos alunos durante as deslocações à freguesia vizinha de Santa Margarida da Coutada.

A assinatura do protocolo de colaboração incluiu intervenções de da diretora Olga Antunes e do Brigadeiro-General Eduardo Mendes Ferrão. Foto: mediotejo.net

A biblioteca Carlos Cécio foi o local escolhido para a assinatura dos documentos por Olga Antunes, diretora do agrupamento de escolas, e o Brigadeiro-General Eduardo Mendes Ferrão, comandante da Brigada Mecanizada. Ambos dirigiram algumas palavras aos estudantes dos cursos profissionais que marcaram presença no momento, a par de outros elementos das comunidades escolar e militar, nomeadamente o Coronel José Vinhas Nunes, comandante do Campo Militar de Santa Margarida.

Olga Antunes começou por esclarecer que este novo protocolo de colaboração dá continuidade à participação anterior de alunos do agrupamento em atividades do Campo Militar de Santa Margarida. Segundo a diretora, os estágios profissionais permitirão aos estudantes ter uma experiência “num ambiente profissional e exigente”, lembrando aos estudantes que quando “vestem a farda, são a imagem da escola”.

PUB

A intervenção do Brigadeiro-General Eduardo Mendes Ferrão surgiu depois da assinatura do protocolo, na qual referiu que a Brigada Mecanizada é “um dos maiores empregadores do concelho” e enalteceu a qualidade da formação prestada no agrupamento. Foi, igualmente, salientada a importância do trabalho em equipa, o objetivo da unidade militar que comanda em contribuir para o desenvolvimento do concelho e que a aposta no futuro passa pelo apoio às gerações mais novas.

Os alunos dos cursos profissionais estiveram na plateia. Foto: mediotejo.net

O final da cerimónia foi assinalado com um brinde e a partilha de bolo, após o qual o mediotejo.net questionou Olga Antunes e o Brigadeiro-General Eduardo Mendes Ferrão sobre a relevância desta nova colaboração entre as comunidades escolar e militar. A diretora e o comandante foram unânimes ao afirmar que o protocolo – de um ano e renovável automaticamente por igual período – surgiu com a finalidade oficializar e assegurar o futuro da parceria já existente.

Olga Antunes considera este passo “importante e relevante porque são os jovens do concelho” e destacou a importância de “juntar as sinergias” do agrupamento e da Brigada mecanizada “para a formação dos nossos jovens e eu acho que deve ser realçada esta forma de trabalhar em equipa enquanto parceiros implementados no mesmo concelho”.

Uma relação que, segundo o Brigadeiro-General Eduardo Mendes Ferrão, “queremos manter para o futuro, queremos aprofundar e é muito centrada na visão estratégica que temos”, sublinhando que “a educação é um pilar estrutural para o concelho, não só na vertente da certificação e qualificação dos jovens, mas também numa perspetiva de futuro, de atrair população e de dar futuro aos jovens”.

PUB
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here