Chamusca | Novo Centro Escolar é “espaço de excelência para professores, funcionários e alunos” (C/VIDEO e FOTOS))

A interação com os alunos foi uma constante. Foto: mediotejo.net

“Linda, de todos, grande, maravilhosa, bonita, nova e enorme”. Estas foram algumas das palavras escolhidas pelos alunos para caracterizar o novo Centro Escolar da Chamusca, inaugurado pelo Primeiro Ministro, António Costa, e pelo Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, nesta terça feira, dia 23 de abril.

PUB

Depois de dois anos com aulas em contentores, os alunos estavam deslumbrados e excitados com as novas instalações mas também com a visita dos ilustres convidados.

Com cerca de 200 alunos dos Jardins de Infância e Ensino Básico, o Centro Escolar da Chamusca representou um investimento na ordem de 2 milhões de euros, financiado a 55% por fundos comunitários. O município da Chamusca, além de assumir os restantes 45% de investimento, despendeu ainda mais 300 mil euros no recheio do espaço educativo, com cerca de 120 mil euros em mobiliário e 180 mil euros em equipamento informático.

Momento do descerramento da placa inaugural. Foto: mediotejo.net

As novas instalações contemplam cinco salas de Jardim de Infância, 10 salas de 1.º Ciclo do Ensino Básico, e ainda diversas outras salas e áreas destinadas a áreas curriculares inovadoras como uma Sala Criativa “Maker Space”, Sala Artes, Sala Música e Sala Ciência.

Além disso, existe uma sala de aprendizagens inovadoras e criativas, ligada ao Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, que segue o modelo, a organização espacial e os equipamentos das duas salas LAIC – Laboratório de Aprendizagens Inovadoras e Criativas, que estão implementadas há cerca de um ano e meio na escola-sede do Agrupamento de Escolas da Chamusca.

PUB

As outras principais valências desta escola são também o ginásio, uma biblioteca, refeitório, um recinto polivalente, um anfiteatro, gabinetes para docentes (professores e educadores de infância), salas para assistentes operacionais, e gabinete para atendimento aos encarregados de educação.

Depois de dois anos em obra, o presidente da Câmara, Paulo Queimado, disse no discurso inaugural que o novo Centro Escolar representa um “espaço de excelência para professores, funcionários e alunos”, tendo feito notar que o mesmo “proporciona a todos os alunos as mesmas oportunidades de aprendizagem, dentro das novas políticas de educação”.

“Para nós hoje é um dia muito feliz”, afirmou o Autarca que se referiu à obra como um “edifício construído com muito amor e com muito carinho, para as necessidades principalmente dos nossos alunos”.

Visita protocolar do Primeiro Ministro e do Ministro da Educação ao novo Centro Escolar da Chamusca, que é inaugurado hoje

Publicado por mediotejo.net em Terça-feira, 23 de abril de 2019

Numa curta intervenção, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, elogiou as novas instalações lembrando que a nível nacional estão a ser requalificadas ou a ser construídas 500 novas escolas.

O responsável pela pasta da educação não se esqueceu de que 23 de abril é o Dia do Livro, chamando a atenção para a importância da leitura e perante cerca de 200 alunos e lançou o desafio para que comecem a ler um livro na próxima semana.

A encerrar a série de discursos, o Primeiro Ministro, António Costa, destacou a importância das escolas como uma “grande fonte de relações humanas e de aprendizagem coletiva”, tendo assinalado o arranque do período letivo em Chamusca, no novo centro escolar.
“A escola é um dos sítios mais importantes da nossa vida (…) “e é absolutamente extraordinário este novo espaço e as condições que proporciona”, disse o governante na sua intervenção pública, tendo feito notar que a escola “é muito mais” do que um espaço.
“A escola é, sobretudo, as relações humanas e as pessoas que fazem a escola”, disse António Costa na Chamusca, distrito de Santarém, acompanhado do Ministro da Educação, tendo referido ser “comovente” ver “como se transformou uma escola centenária numa escola moderna para o século XXI”.

António Costa, que não respondeu às perguntas dos jornalistas, concluiu a sua intervenção destacando a importância da “modernização” dos espaços educativos e das “novas ferramentas que fazem e permitem fazer algo de absolutamente extraordinário”, tendo reiterado como fundamental a relação entre as pessoas.
“O mais importante é mesmo preservarmos aquilo que a escola tem sido sempre: uma grande fonte de relações humanas e de aprendizagem coletiva”, concluiu.

A visita da comitiva ministerial começou com o descerramento de uma lápide alusiva à inauguração das novas instalações seguindo uma visita demorada às salas de aulas com uma constante interação com alunos e professores.

Marcante e muito aplaudida foi a interpretação pelos alunos do tema “Juntos Somos o Coração do Ribatejo”, com música e letra do professor João Ferreira, conhecido como o Avô Cantigas da Chamusca.

C/ agência Lusa

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here