Crónicas

Crónica fotográfica, por Paulo Jorge de Sousa

Ontem foi o Dia de Nossa Senhora da Conceição. No Sardoal realizou-se uma procissão logo após a celebração da Eucaristia na Igreja Matriz. E,...

“Bitoque”, por Armando Fernandes

É comum ouvir a palavra bitoque saída de bocas juvenis, às vezes acrescida da montada a cavalo. Os apressados também a utilizam solicitando acompanhamento...

“Futebol com novas regras?”, por Nuno Pedro

A International Football Association Board (IFAB), organismo responsável pela regulamentação das leis do futebol e que reúne duas por vezes por ano, prepara-se para...

“Pão com manteiga e açúcar”, por Berta Silva Lopes

Esta semana as minhas filhas pediram-me pão com manteiga… e açúcar. Pão com manteiga e A-ÇÚ-CAR. Assim como quem pede uma maçã. Diz que...

“Os deficientes não são coitadinhos”, por Hália Santos

Ponto um: há 50 anos escondiam-se os deficientes. Ponto dois: a integração não tem que ser feita à força. Ponto três: a esmagadora maioria...

“As romãs de Constância”, por António Matias Coelho

É agora o tempo delas, das romãs, por altura do Natal. Há muitas, na vila de Constância e por todo o concelho. Símbolos de força...

“Pecados capitais”, por Vasco Damas

Bem sei que já chegámos a dezembro e que a tradição manda evocar os sentimentos nobres da época, mas para isso há por estes...

“Oferendas e… obrigações”, por Aurélio Lopes

Na sociedade que somos, em que a economia constitui doutrina dominante, o comércio, ritual sagrado e, o lucro, uma espécie de nova divindade, o...

Crónica fotográfica, por Paulo Jorge de Sousa

Passava das 17 horas. Voltei ali de novo. Durante a manhã as crianças das escolas de Constância  tinham ajardinado o terreno à volta de...

“Querido Pai Natal”, por Vânia Grácio

Querido Pai Natal Este ano portei-me bem (acho eu). Por isso quero fazer-te o meu pedido. Gostava que este ano a solidariedade fosse digna e não...

“Espeto para assar”, por Armando Fernandes

Outrora os espetos para assar eram muito utilizados na maioria das cozinhas dos ricos, dos pobres, dos remediados. É bem provável que nas casas...

“Cada um deve fazer a sua parte”, por José Rafael Nascimento

Uma só pessoa, numa determinada circunstância, comunicando a mensagem certa pelo canal apropriado, pode produzir a mudança necessária na comunidade, com um impacto para...