Alcanena | Conheça os músicos de topo que atuam no Festival Internacional de Acordeão

Petar Maric, o campeão mundial que chega da Sérvia. Foto: DR

O Cine-Teatro São Pedro recebe músicos de topo esta sexta-feira, dia 1, no Festival Internacional de Acordeão. Bruno Gomes e João Guilherme chegam de perto, Inês Vaz e Rodrigo Maurício viajam por estradas portuguesas e Petar Marik parte da Sérvia. Além da paixão pelo acordeão, todos partilham a sensação de conquistar primeiros lugares em competições nacionais e, na maioria dos casos, internacionais.

PUB

Conheça os cinco acordeonistas que vão subir ao palco a partir das 21h30.

BRUNO GOMES

É natural de Ferreira do Zêzere e toca acordeão desde tenra idade. Fez a primeira formação aos nove anos e mais tarde frequentou o Instituto Vitorino Matono, em Lisboa. Atualmente, concilia o ensino com o estudo do acordeão, o projeto “Acordeão Génio e Arte” e o Atelier do Acordeon, na sua terra natal, dedicado ao fabrico, restauração e venda destes instrumentos musicais e concertinas.

Em 2005 lançou o álbum de estreia “Madrepérola”, ao qual se seguiram “Revanche”, em 2014, e “A;travesso”, em 2018. A carreira musical inclui a organização e participação em festivais nacionais e internacionais, a par de atuações em programas televisivos. Entre os festivais nacionais destacam-se o “AgitÁgueda” e o “Festival do Contrabando”, em Alcoutim.

PUB

 

JOÃO GUILHERME

Iniciou os estudos musicais de acordeão aos 11 anos no Conservatório de Musica Jaime Chavinha em Minde, concelho de Alcanena, aos quais juntou os de clarinete, no ano passado, encontrando-se a concluir o quinto grau. Entre 2015 e 2017 integrou a Orquestra da Associação Académica de Acordeões do Cartaxo e, neste momento, faz parte da Orquestra Molto Vivace do Conservatório de Musica Jaime Chavinha.

Participou em diversas Masterclasses de acordeão, assim como em concursos nacionais, conquistando o primeiro prémio no Concurso Nacional Folefest 2017. A lista estende-se a duas edições do Concurso Nacional de Acordeão e Guitarra Portuguesa de Santarém e do Troféu Nacional de Alcobaça, nas quais ganhou o primeiro e o terceiro prémios.

João Guilherme. Foto: DR

 

INÊS VAZ

Chega de Lisboa e traz consigo a formação musical na Escola de Música Semibreve, o curso online de Introdução à Improvisação do Berklee College of Music, a Masterclass de Harmonia e Improvisação e os estudos em Velvet Quintet. Atualmente leciona Acordeão e Piano na Academia de Música Desafios, na Amadora, e é patrocinada pela marca italiana Mengascini Acordeons.

Participou em diversos concursos nacionais e internacionais, como o Coupe Mondiale de Acordeão, no qual conquistou o nono lugar na categoria Júnior Concerto, e venceu o terceiro prémio no Concurso Folefest 2016. Marcou presença na semifinal e final do programa “Aqui há Talento”, em diversas edições do Festival da Canção e em bandas sonoras ao vivo de peças de teatro.

O longo currículo inclui a participação em concertos e trabalho de produção e composição musical com os grupos Donna Maria, Seda e Flor de Lis. Passou por festivais nacionais e internacionais, como jurada e como artista a solo, com o duo Ciranda e o trio MOTIV. Também colaborou com a Orquestra Gulbenkian e a Camerata Atlântica.

 

RODRIGO MAURÍCIO

O acordeonista comemora 35 anos de carreira como músico, que foi conciliando com a carreira de docente e diversos projetos ligados ao acordeão, como o “Acordeão em espetáculo”. É formado em Ensino – Educação Musical pela Escola Superior de Comunicação de Lisboa e frequentou o Curso Livre de Acordeão no Instituto Musical Vitorino Matono, em Lisboa.

Subiu ao palco nos continentes europeu e americano e foi reconhecido em Portugal, nomeadamente com o Prémio do Público no IV Festival Internacional “Acordeões do Mundo” em Torres Vedras e o prémio da ADL por desempenho extraordinário. Em 2012 tornou-se demonstrador oficial da marca italiana Mengascini Acordeons e, em 2014, representou-a em Frankfurt (Alemanha).

Participou a solo em festivais nacionais e europeus e em duo, com a irmã Teresa Maurício, na “Festa das Festas” do Continente, no Parque Eduardo VII e na Sala Tejo do Meo Arena. O percurso musical também engloba diversos trabalhos discográficos, tendo o mais recente, “Rodrigo Maurício & Amigos”, sido lançado no ano passado.

Rodrigo Maurício. Foto: DR

 

PETAR MARIC

Petar Maric nasceu na cidade de Belgrado, Sérvia, e iniciou os estudos de acordeão aos seis anos com o professor Aleksandar Nikolic, com quem tem gravou diversos trabalhos musicais. Aos 29 anos é considerado um campeão mundial pelos prémios de grandes competições internacionais e também portuguesas, como o “Trophee Mondiale”.

Entre 2006 e 2012 destacam-se os primeiros lugares em diversas categorias conquistados na Noruega (“Coupe Mondiale”), Itália (“Citta di Castelfidardo”, “Spoleto”, “Citta di Castelfidardo” e “Roma Competitions”), Eslováquia (“Coupe Jeunesse”), Alemanha (“Klingenthal”), França (“Montrond les Bains”) e Croácia (“Coupe Mondiale”).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here