Abrantes | Serralves volta ao Rossio com exposição ‘O Parque em Macro II’ (c/fotos e video)

A exposição ‘O Parque em Macro II’, mais uma iniciativa resultante do protocolo firmado entre o Município de Abrantes e a Fundação de Serralves. Créditos: mediotejo.net

A exposição ‘O Parque em Macro II’, mais uma iniciativa resultante do protocolo firmado entre o Município de Abrantes e a Fundação de Serralves, inaugurou nesta segunda-feira, 18 de março, no Parque Tejo, em Rossio ao Sul do Tejo.

PUB

A exposição ‘O Parque em Macro II’, no seguimento da primeira exposição, é focada na fauna e na flora de Serralves, no Porto. E revela ao visitante o pormenor, as curiosidades, a beleza e a arte oculta nos valores naturais do Parque, de outro modo invisível, e que chegam a Abrantes para completar a mostra ‘O Parque em Macro’, inaugurada em setembro do ano passado.

Trata-se de uma seleção de macrofotografias de grande formato para apreciar ao ar livre. A exposição integra as imagens vencedoras do concurso oportunamente lançado ao público para captar o “seu” Parque em macro, e esta segunda-feira 18 de Março, no Parque Tejo, contou com o espetáculo ‘Há Dança no Parque’ pelos alunos do Curso Básico de Dança da Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes.

A exposição ‘O Parque em Macro II’, mais uma iniciativa resultante do protocolo firmado entre o Município de Abrantes e a Fundação de Serralves. Créditos: mediotejo.net

Assim, na visita ao Parque Tejo, o visitante é mais uma vez convidado por Serralves a observar uma exposição de fotografias que permitem o pormenor da biodiversidade, associada a um conjunto de oficinas sensoriais.

Nesta exposição “somos naturalmente confrontados com a mestria e a beleza do seu desenho, o seu valor histórico, a sua diversidade de cores, aromas, formas e texturas, a sua fauna e a sua flora”, lê-se logo no primeiro painel à entrada da exposição.

PUB

Na verdade, tal biodiversidade podemos encontrar em muitos outros locais do País, nomeadamente em Abrantes. No entanto, esta exposição é sobre o que não se consegue observar a olho nu, um mundo escondido, misterioso à espera de ser descoberto através da macrofotografia – uma vertente fotográfica destinada a captar detalhes de pequenos objetos ou de pequenos seres vivos, muitas vezes invisíveis à vista desarmada.

“A fauna e flora do Parque são evidenciadas num universo imenso e pouco explorado, causando a admiração e o deslumbre por este outro mundo escondido, misterioso e fascinante que também nos rodeia”, acrescenta o painel à entrada que abre a exposição.

Além do presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, e de outras individualidades, presente na inauguração da exposição esteve novamente Ana Pinho, presidente do conselho de administração da Fundação Serralves.

A exposição ‘O Parque em Macro II’, mais uma iniciativa resultante do protocolo firmado entre o Município de Abrantes e a Fundação de Serralves. Foto: mediotejo.net

“Esta exposição vem na continuação da primeira, mostrando os detalhes da biodiversidade do Parque de Serralves, uma biodiversidade que não é exclusiva do Parque mas está presente em muitos outros locais”, disse a responsável.

Ana Pinho abordou a alteração do Executivo camarário em Abrantes mas apenas para manifestar certezas quanto “ao empenho e vontade” na continuidade da parceria do Município com a Fundação Serralves. Mostrando-se agradada com a iniciativa, disse que muitas outras surgirão, dando especial destaque àquelas que juntam biodiversidade e artes.

Por seu lado, o presidente da Câmara Municipal de Abrantes falou sobre o Parque Tejo, que no passado funcionou apenas como parque de campismo. Atualmente “continua a receber campistas e caravanistas mas envoltos em exposições culturais e ambientais”, questões que Manuel Valamatos considerou “fundamentais” e que estarão presentes durante a primavera e o verão naquele espaço do concelho.

O presidente sublinhou que o protocolo estabelecido “muito orgulha” Abrantes, mostrando-se agradado com o facto de a Fundação Serralves “ter-se envolvido com este território”, e dando conta que o trabalho em parceria é para continuar.

Abrantes I Inauguração da exposição O Parque em Macro II o Parque Tejo, em Rossio ao Sul do Tejo. O presidente da Câmara Manuel Valamatos fala sobre a iniciativa que resulta de uma parceria com a Fundação Serralves.

Publicado por mediotejo.net em Segunda-feira, 18 de março de 2019

No final dos discursos decorreu uma troca de presentes entre Manuel Valamatos e Ana Pinho, com o presidente da Câmara a ofertar os alunos do Agrupamento de Escolas nº 2 de Abrantes.

A exposição estará patente até 30 de agosto, acompanhada por um conjunto de oficinas pedagógicas no âmbito dos eixos Arte e Ambiente que explorarão a importância da conservação e preservação da biodiversidade, através de imagens que captam detalhes de pequenos animais, de flores e plantas.

Oferece ainda a possibilidade de visitas guiadas a famílias, grupos, escolas, mediante marcação prévia, num horário diário entre as 09h00 e as 18h00.

A anterior exposição, ‘O Parque em Macro’, foi visitada por 534 alunos, realizaram-se 36 oficinas integradas na carteira dos serviços educacionais da Câmara Municipal, sendo 1018 o número de visitantes que participaram diretamente nas oficinas sensoriais de fauna e flora, incluindo os sabores do parque, que apresentam nomeadamente bolachas e bolinhos de limão, tomilho ou alecrim e chás de hortelã e erva príncipe.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here