Abrantes | Redes sociais geram discussão entre presidente da Câmara e vereador do BE (c/audio)

Uma publicação do vereador Armindo Silveira (BE) na rede social Facebook fez estalar o verniz entre o presidente da autarquia, Manuel Valamatos (PS) e o vereador da oposição na reunião de executivo da Câmara de Abrantes desta quinta-feira, dia 2 de maio. Foto: mediotejo.net

Uma publicação do vereador Armindo Silveira (BE) na rede social Facebook fez estalar o verniz entre o presidente da autarquia, Manuel Valamatos (PS) e o vereador da oposição na reunião de executivo da Câmara de Abrantes desta quinta-feira, dia 2 de maio. Manuel Valamatos, visivelmente indignado, disse que Armindo Silveira “não foi sério” numa publicação que considerou ainda de “cobardia” e “inqualificável”, tendo o vereador do BE dado um murro na mesa, no calor da discussão.

PUB

A reunião de executivo seguia calma e tranquila até o presidente do Câmara acusar o vereador da oposição de ter usado as redes sociais para afirmar que os UHF atuaram em São Facundo porque não havia outro local em Abrantes para a realização do concerto. Manuel Valamatos diz que a atitude “escondida nas redes sociais”, revelou “cobardia” e disse que não foi sério, porque tal não correspondia à verdade e fazia parte da estratégia de descentralização cultural. Armindo Silveira deu um murro na mesa e a discussão instalou-se.

O vereador Armindo Silveira acabou por pedir desculpa por ter dado um murro na mesa e disse que quem marca a agenda política do BE não é o PS, tendo afirmado que a publicação na sua página daquela rede social tinha um contexto. O presidente da Câmara reiterou a critica à postura do eleito do BE, tendo afirmado esperar que tal discussão não volte a suceder. Manuel Valamatos, secundado pelos vereadores socialistas Luís Dias, Celeste Simão e João Gomes, disse que se sentiu ofendido por uma publicação que revela falta de moral política e é injusta.

“A política merece mais dignidade e não este tipo de rasteiras”, defendeu o presidente da Câmara. Mais elogiou a postura do vereador eleito pelo PSD, de quem disse não criticar por criticar, antes agir e atuar de forma construtiva. “Quando deteta algum problema liga a informar no sentido construtivo de resolução”, observou Manuel Valamatos, pedindo maior harmonia em trabalho para o mesmo lado e sem rasteirinhas, coisa que o presidente da Câmara disse sentir relativamente à postura do vereador do BE.

Redes sociais geraram discussão entre presidente da Câmara de Abrantes e vereador do BE. Foto: mediotejo.net

Armindo Silveira (BE) abordaria ainda as celebrações do 25 de abril, recordando um episódio decorrido na véspera do feriado, em Assembleia Municipal, em que pediu a defesa da honra e que não lhe terá sido dada.

PUB

Manuel Valamatos respondeu, em tom crítico, para o vereador do BE: “o 25 de abril correu mal porque foi um dia espetacular”.

O presidente da Câmara deu conta na sessão de hoje das atividades desenvolvidas nos últimos dias por Abrantes, tendo destacado a atuação dos UHF em São Facundo na noite de 25 de abril, referindo que foi um grande espetáculo e pensado para ser naquela aldeia, reiterando que o objetivo é continuar a diversificar a oferta cultural nas freguesias rurais.

Manuel Valamatos destacou ainda as atividades desportivas que decorreram na Cidade Desportiva de Abrantes, a presença das Sentieiras na final da Taça Fundação Inatel e o TT Ferraria, as atividades solenes (que decorreram em Mouriscas), as culturais (em São Facundo e Abrantes) e as lúdicas e económicas, entre outras, com a presença da TVI num programa em direto a partir do centro histórico e do mercado municipal de Abrantes durante o dia de feriado do 25 de abril e que levou muita gente ao centro histórico e ao mercado da cidade.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here