Abrantes | Praia Fluvial de Fontes estreia Bandeira Azul esta segunda-feira

Na freguesia de Fontes, a cerca de 30 quilómetros da cidade de Abrantes, nasceu uma nova praia fluvial no Zêzere e que vai hastear a Bandeira Azul pela primeira vez no dia 1 de julho. Foto: DR

Na freguesia de Fontes, a cerca de 30 quilómetros da cidade de Abrantes, nasceu em 2018 uma nova praia fluvial na albufeira de Castelo do Bode e que vai hastear este ano a Bandeira Azul pela primeira vez na sua história. A cerimónia do hastear da Bandeira está agendada para a tarde desta segunda-feira, dia 1 de julho, juntando-se assim este espaço de turismo e lazer à praia fluvial de Aldeia do Mato, também em Abrantes, que hasteia a Bandeira Azul também no dia 1 de julho, às 14:30, e pelo 9º ano consecutivo.

PUB

“A criação da praia fluvial em Fontes foi excelente para a freguesia, em 2018 já tivemos muito movimento e turistas na aldeia, e conseguir este ano a Bandeira Azul foi ouro sobre azul”, disse ao mediotejo.net a presidente da junta de freguesia local, Sónia Alagoa.

“Ter duas praias fluviais [em Abrantes] com Bandeira Azul no total de cinco na região do Médio Tejo repercute a qualidade das águas e das infraestruturas, num desafio muito exigente e que tem critérios muito apertados”, disse ao mediotejo.net o vereador Luís Dias, com o pelouro do Turismo na Câmara Municipal de Abrantes, tendo feito notar a importância do galardão em termos de visibilidade e “valorização do turismo, da albufeira de Castelo do Bode, dos desportos náuticos” e da qualidade de vida nas freguesias onde estão inseridas e na região envolvente.

Visivelmente satisfeito com as duas Bandeiras Azuis conquistadas (Aldeia do Mato e Fontes) Luís Dias disse que o tal facto é “corolário de todo o trabalho do serviço de ambiente da autarquia e das parcerias público-privadas que têm sido muito frutuosas na dinamização dos espaços aquáticos na albufeira de Castelo do Bode e na gestão muito rigorosa da mesma em termos ambientais”, tendo feito notar uma “dificuldade” em encontrar nadadores salvadores disponíveis para o exercício obrigatório de funções nestes espaços de lazer.

A distinção é atribuída pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), sendo que a zona fluvial de Fontes é uma das cinco com Bandeira Azul em toda a região do Médio Tejo (juntamente com Aldeia do Mato/Abrantes, Agroal/Ourém, Bostelim/Vila de Rei e Carvoeiro/Mação), e integra o restrito lote das 35 praias fluviais a nível nacional a receber esta distinção.

PUB
Freguesia de Fontes tem a albufeira de Castelo do Bode a seus pés. Foto: DR

A atribuição da Bandeira Azul tem em conta diferenciados fatores e critérios muito exigentes, como a informação e educação ambiental, qualidade da água, gestão ambiental e de equipamentos, ou a segurança e serviços, entre outros, tendo o anúncio da atribuição do galardão motivo de “muita satisfação” para a presidente da junta de freguesia, tendo em conta que a atribuição da Bandeira Azul à Praia Fluvial de Fontes, no concelho de Abrantes, ganha particular importância numa freguesia como a liderada por Sónia Alagoa, no norte do concelho, com problemas de desertificação, interioridade e envelhecimento populacional.

“A praia fluvial é boa para esta freguesia e para as suas gentes e agora com a Bandeira Azul esperamos que muito gente da região e do país nos visite, que será bom para a dinâmica da aldeia”, notou Sónia Alagoa.

Freguesia de Fontes, concelho de Abrantes

A praia fluvial que estreia este ano a Bandeira Azul situa-se na freguesia de Fontes e oferece equipamentos de lazer e usufruto da albufeira de Castelo do Bode configurando-se como mais uma excelente proposta para este verão na região do Médio Tejo.

Emoldurada por uma abundante vegetação em tons de verde em espelho nas límpidas águas do Zêzere, a praia fluvial de Fontes situa-se num recanto que privilegia o descanso e o silêncio, por vezes quebrado por uma ou outra embarcação de recreio.

A nova praia fluvial com Bandeira Azul situa-se na freguesia de Fontes e oferece equipamentos de lazer e usufruto da albufeira de Castelo do Bode configurando-se como mais uma excelente proposta para este verão na região do Médio Tejo. Foto: mediotejo.net

A infraestrutura dispõem de serviços de apoio que contam com nove lugares de estacionamento, um dos quais para pessoas com mobilidade reduzida, acessos pedonais, um bar com 18,75 metros quadrados, sanitários, balneários, duches com uma área de 24 metros quadrados, um ponto de água potável, uma zona de lazer equipada com mesas, bancos e papeleiras, um parque para contentores de resíduos indiferenciados e ecoponto e iluminação pública bem como piscina flutuante na água, apenas para adultos, embora tenha cerca de 1 metro e meio de profundidade.

A praia de Fontes dista cerca de quatro quilómetros da aldeia e no local foi também criada uma zona de proteção interdita a viaturas.

Emoldurada por uma abundante vegetação em tons de verde em espelho nas límpidas águas do Zêzere, a praia fluvial de Fontes situa-se num recanto que privilegia o descanso e o silêncio. Foto: mediotejo.net

A Câmara de Abrantes já fechou, entretanto, o concurso público para a cedência de exploração da Área de Recreio e Lazer da Praia Fluvial de Fontes, tendo o mesmo sido concessionado a uma empresa da freguesia de Fontes.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here