Abrantes | Música na Aldeia leva Impera, Blackallica e muitos mais a São Miguel do Rio Torto

Os Impera são uma das bandas que atua este sábado em São Miguel do Rio Torto. Foto: DR

A Casa do Povo de São Miguel do Rio Torto acolhe este sábado, dia 14 de setembro, mais uma edição do ‘Música na Aldeia’ (MNA), este ano com concertos de Down Reverse, Eternal Search of Lucy’s Diamonds, Congruity, Mono Twins, The Real Beavers, Impera e Blackallica. As entradas são gratuitas.

PUB

Dezasseis anos passados, a edição 2019 do MNA- Música na Aldeia volta a beber da sua história, apostando em sete bandas, cinco das quais com origem nos concelhos de Abrantes, Sardoal e Tomar (Os Down Reverse, Eternal Search of Lucy’s Diamonds, Congruity, Mono Twins, The Real Beavers). De Lisboa vêm os Impera, que já passaram pelo Vagos Metal Fest, e de Alenquer chegam os Blackallica, uma banda de tributo a Metallica (um dos maiores e mais conceituados grupos no panorama do Metal).

Nomes que vão integrar a história deste festival e juntar-se a bandas que já atuaram em São Miguel do Rio Torto como os Hyubris, Kaviar, Assemblent, Perfect Sin, Wako, The Temple, Sacred Sin e Mata-Ratos, entre outros.

Os Blackallica atuam este sábado na Casa do Povo de São Miguel do Rio Torto, em mais uma edição do ‘Música na Aldeia’. Ao longo do dia e noite atuam ainda os Down Reverse, Eternal Search of Lucy’s Diamonds, Congruity, Mono Twins, The Real Beavers, e Impera. Foto: DR

Com a sua história a iniciar em 2003, pelas mãos de alguns jovens da aldeia apoiados pela estrutura da então renovada associação juvenil Rio Torto – ARCD, o Festival MNA – Música na Aldeia começou por ser um encontro de bandas de garagem. Este evento tinha como objetivos o convívio entre gerações, a criação de uma nova dinâmica e a quebra na rotina de uma aldeia do interior, num concelho onde pouco ou nada se passava. Simultaneamente, dava oportunidade às bandas locais de se apresentarem com os seus trabalhos.

Após a extinção da Rio Torto, a organização do Música na Aldeia passou para as mãos da Casa do Povo de São Miguel do Rio Torto, contando com o apoio dos “fundadores”.

PUB

Nesta edição, a organização prevê a maior participação de sempre, não só pelo cartaz que se destaca da habitual oferta dos agentes culturais locais, mas também pelo espaço exterior da Casa do Povo, agradável e renovado, que fazem prever um final de tarde e uma noite inesquecíveis.

Além do cartaz, dos petiscos/jantares (com opções vegan incluídas) e da cerveja fresca, o cartaz anuncia ainda a presença da Moth Tattoo & Piercing.

A Casa do Povo de São Miguel do Rio Torto abre as portas do Música na Aldeia a partir das 17:00 de sábado, dia 14 de setembro. Os concertos começam às 18:00 no recente palco “Ti Eduardo Chato” e a música promete durar até o sol raiar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here