Abrantes | Município firma protocolo com Fundação Serralves no Dia da Cidade

Abrantes vai assinar dia 14 de junho um protocolo com a Fundação de Serralves. Foto: Fundação de Serralves

O Município de Abrantes assina no Dia da Cidade, 14 de junho, o protocolo com a Fundação Serralves. Trata-se de uma parceria que permite à autarquia integrar aquela fundação com o estatuto de “Câmara Fundadora Serralves” para além de criar condições de alargamento da rede de acesso e de aproximação das populações e entidades locais à arte, à cultura, à sensibilização ambiental e às indústrias criativas, beneficiando a comunidade abrantina das competências especializadas desta fundação.

O Município de Abrantes “vai utilizar este momento de festa” para efetivar a sua parceira com a Fundação Serralves “através de um conjunto de dinâmicas de rua”, disse, durante a reunião de executivo de 29 de maio, a presidente Maria do Céu Albuquerque.

A Câmara Municipal está a negociar com Serralves “a impressão de obras de arte das coleções pertença da Fundação, obras de arte que tenham passado por aquele espaço” e como base nessas impressões dinamizar “montras, lojas devolutas e paredes devolutas”, explicou a presidente. No fundo, trata-se de “trazer a arte a cultura mostrada na Fundação Serralves para o nosso espaço público”, referiu.

A assinatura do protocolo está agendada para o Dia da Cidade, dia 14 de junho, com a presença da presidente do concelho de administração da Fundação Serralves, Ana Pinho.

A Câmara Municipal e a Fundação de Serralves criaram uma parceria que permite à autarquia integrar aquela fundação com o estatuto de “Câmara Fundadora Serralves” para além de criar condições de alargamento da rede de acesso e de aproximação das populações e entidades locais à arte, à cultura, à sensibilização ambiental e às indústrias criativas, beneficiando a comunidade abrantina das competências especializadas desta fundação.

O protocolo estabelece que a CMA deve investir um total de 100 mil euros, em prestações de 25 mil euros, a vencer no fim do mês de dezembro ao longo de 4 anos, a duração desta parceria, sendo considerado um apoio monetário àquela Fundação. Depois de assinado o protocolo será criado entre as duas partes um plano bianual de atividades para Abrantes.

Enquanto Câmara Fundadora, a autarquia conta com um conjunto de “regalias”, entre outras: organização anual de uma exposição de arte contemporânea com trabalhos de artistas da Coleção Serralves; ações expositivas; entradas gratuitas para crianças até aos 12 anos e descontos nas entradas de jovens, estudantes até à licenciatura, bem como aos residentes no concelho com idades superiores a 65 anos; organização de visitas guiadas com desconto para jovens e seniores ao Museu e ao Parque de Serralves, assim como para os trabalhadores da Câmara e professores do concelho; colaboração com as escolas em programas pedagógicos nas áreas da cultura e do ambiente e participação especial em eventos como “Serralves em Festa”, “Festa do Outono” e em ciclos de conferências.

A Fundação colabora com a Câmara em diversas iniciativas, como: organização de estágios de formação na área educativa; conceção e organização de ações de sensibilização ambiental nos espaços verdes das autarquias; conceção e organização de colóquios/seminários sobre temas ambientais; promoção de ações de formação para técnicos de jardinagem; desenvolvimento de programas que visam a inclusão social das populações mais desfavorecidas; formação pedagógica de agentes na área da arte contemporânea; entre outras.

Abrantes passará oficialmente a integrar o conjunto de autarquias que já pertence à rede desta fundação, como Castelo Branco, Viseu, Matosinhos, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, São João da Madeira, Vila do Conde, Funchal, Oliveira de Azeméis, Maia, Ponta Delgada.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here