Abrantes | Curso de Liderança do Rotary formou 32 jovens no Regimento de Apoio Militar

Cerimónia de encerramento do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes em parceria com o RAME. Créditos. mediotejo.net

A Cerimónia de Encerramento do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes (RCA) decorreu na terça-feira, 10 de setembro, no Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME), em Abrantes. O curso, frequentado por 33 jovens estudantes com idades entre os 17 e os 22 anos, concluído por 32 (25 rapazes e 8 raparigas), visa contribuir para o desenvolvimento intelectual e formação académica dos jovens, aumentando-lhes as perspetivas de êxito nas suas futuras carreiras profissionais. E resulta de uma parceria entre o Rotary e o RAME, contando com o apoio da Câmara Municipal de Abrantes e da Mitsubishi Fuso. O X Curso pretendeu corresponder à procura dos anteriores. Em 2020, Mário Álvares já não será o comandante do RAME que acompanhará o XI Curso de Liderança.

PUB

Foram seis dias e meio na vida de 32 jovens estudantes, muitos deles com 17 anos, como é o caso de Tiago Gaspar, ou 18, como Jéssica Vicente, formandos do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes. Dias durante os quais viram os seus limites testados ao máximo, tendo no final desta edição aprendido que “liderar não é mandar, liderar é ter a convicção de dar o exemplo e de ajudar a quem damos ordens. É lutar por um objetivo bom e encaminhar as pessoas para o caminho certo”, resumiu Jéssica.

Para Tiago liderar “é ter uma equipa ao nosso encargo, ajudarmos no que precisarem e levá-los ao objetivo que é proposto e nunca deixar ninguém para trás”. Ambos certos que o Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes em parceria com o Regimento de Apoio Militar de Emergência alterou a sua forma de estar na vida

“Mudou muito a forma de pensar, de como agir e como motivar as pessoas, principal a nossa equipa”, pormenoriza Tiago. Jéssica confirma que os seis dias de Curso fizeram a diferença. “Foi como descobrir certas coisas que não sabíamos. Com esta experiência encontrámos o nosso eu”, explicou. Para ambos “a sobrevivência” foi a experiência “mais difícil” do Curso. “Acampámos e tivemos de tentar sobreviver com o que a natureza nos dava”, relatou Tiago ao mediotejo.net.

Cerimónia de encerramento do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes em parceria com o RAME. Jéssica e Tiago. Créditos. mediotejo.net

Em nome dos formandos finalistas do X Curso de Liderança, dos concelhos de Abrantes, Mação, Sardoal, Castelo de Vide e Portalegre, Beatriz Pires, Catarina Domingos, Gil Vilaverde e Francisco Lacão admitiram “dias repletos de dificuldades” mas “nada comparadas com as amizades que estabelecemos e fortalecemos, nem com as lições que nos foram transmitidas.

PUB

Dedicação, motivação, responsabilidade, comunicação e planeamento foram algumas das palavras mais usadas pelos formadores e palestrantes quando se referiam às características de um líder”, deu conta Beatriz Pires.

Por seu lado o jovem Vilaverde lembrou que o Curso havia sido frequentado por 33 jovens (terminaram 32, um deles desistiu por motivos de saúde) “distinguiram-se não só pelas idades, mas pela forma como encararam a vida. Entramos todos pela porta de armas do RAME com a esperança que o Curso despertasse o líder que tínhamos dentro de nós. Ao longo desta semana testamos todos os nossos limites tanto ao nível físico como psicológico. Suámos, rastejámos, corremos, chorámos, saltámos e sobrevivemos. Neste momento, olhando para trás, conseguimos perceber o quanto satisfatório é através destas dificuldades emergir o melhor de nós, tanto individualmente como em grupo”.

Para Catarina Domingos “não há nada que nos proporcione melhor gratidão do que a relação entre os camaradas desta formação que nunca deixaram ninguém para trás mesmo nos momentos mais duros” disse agradecendo ao Rotary e ao RAME e a todos aqueles que permitiram a realização de mais um Curso de Liderança.

Cerimónia de encerramento do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes em parceria com o RAME. Créditos. mediotejo.net

No Curso, os militares do RAME encontram candidatos com as mais diversas personalidades, de uma geração que é vista pela sociedade como “de vida facilitada”, mas o comandante do RAME, coronel de infantaria, Mário Álvares, que em 2020 já não acompanhará o XI Curso de Liderança, considera que é nas adversidades que “encontramos o eu”, disse ao mediotejo.net.

“A grande vantagem do Curso de Liderança é perceberem quem são na realidade. Penso que nós só nos conhecemos a nós próprios quando somos colocados perante a adversidade. E é muito importante para os jovens viverem um pouco na adversidade para aprenderam a conhecer o ‘eu’ e depois potenciarem aquilo em que são bons e a encontrarem mecanismos para limitarem as debilidades que têm. Este tipo de cursos permite que as pessoas encontrem o seu equilíbrio e enfrentem o futuro de uma outra forma. A organizarem-se e a decidirem melhor”, explicou o comandante do RAME.

O X Curso de Liderança decorreu “numa semana muito difícil” para o Exército Português, admitiu Mário Álvares, uma vez que devido aos incêndios rurais estavam distribuídas “62 patrulhas de norte a sul do País, empenhamos 3 máquinas de rasto e amanhã temos um pelotão de rescaldo em Aveiro. Foi uma semana cansativa para quem serve no RAME mas também uma prova da nossa competência, poder enfrentar dois desafios em simultâneo, cada uma com as suas responsabilidades e os formandos tiveram essa perceção”, indicou.

Cerimónia de encerramento do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes em parceria com o RAME. Beatriz, Catarina, Gil e Francisco. Créditos. mediotejo.net

A equipa de formação do RAME foi composta por cinco militares, dois deles “muito envolvidos no apoio militar de emergência. Os formandos sentiam que a determinada altura tinha de entrar outro formador para se deslocar à sala de operações e apoiar-me nas decisões. Também demos apoio a operacionais de corpos de bombeiros na mesma semana, e os jovens perceberam toda a dinâmica do centro de operações e perceberam que o Exército também é muito importante no apoio às populações”, referiu Mário Álvares.

O coronel de infantaria tem uma nova missão e está de saída do RAME, anunciou.

“Terão um novo comandante. Foi decidido apontar a minha carreira para o Curso de Promoção Oficial General e a partir de janeiro de 2020 estarei a frequentar o Curso de seis meses”, adiantou.

Durante a cerimónia de encerramento do X Curso de Liderança, desta vez sob direção de Humberto Lopes pelos rotários e sob a direção do capitão João Salavessa, pelo RAME, o presidente do Rotary Club de Abrantes, José Moura Neves, lembrou que “ao longo destes dez anos, estes cursos abrangeram cerca de 320 jovens, não só da nossa comunidade como de outros clubes de outras zonas do País”.

Referiu também ser “um serviço que prestamos à comunidade, de que nos orgulhamos. Um dos pilares do trabalho do RCA, assenta no apoio sistemático à juventude, com especial destaque para as bolsas de estudo e para o Curso de Liderança. O investimento nos jovens é fundamental pois serão os homens e as mulheres de amanhã. Jovens bem formados, contribuirão para uma sociedade mais esclarecida, mais responsável, mais justa e mais fraterna”.

Cerimónia de encerramento do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes em parceria com o RAME. O comandante do RAME Mário Álvares e o presidente do RCA José Moura Neves. Créditos. mediotejo.net

Sublinhou ainda que “a realização dos Cursos de Liderança só tem sido possível graças à excelente parceria entre o RCA e a entidade militar sediada neste Quartel de Abrantes, hoje Regimento de Apoio Militar de Emergência, mas não poderemos esquecer que outras edições deste Curso foram ministradas pela EPC e pelo NPRAME que, sempre se empenharam em levar por diante esta missão, claro está com a colaboração do nosso clube”.

Dirigindo-se aos jovens que concluíram o curso em 2019, José Moura Neves lembrou que os palestrantes e formadores forneceram “várias ferramentas que vos serão úteis na vossa vida futura e que cada um irá utilizar da forma que mais se adaptar à sua personalidade. Cada um de nós, somos seres individuais e que interpretam e utilizam a informação disponível de formas diferentes”.

O presidente do Rotary, convicto que o Curso de Liderança “é diferenciador”, gosta de observar a “massa crítica” da juventude notando que alguns entraram no Curso “extremamente tímidos” e saíram diferentes, outros “contrariados, impulsionados pelos pais”, mas que, no final, “perceberam a utilidade” do Curso.

Em seis dias e meio “consegue-se modificar algumas atitudes, algumas posturas e alguns comportamentos, embora não seja possível limar todas as arestas. Consegue-se estimular nestes jovens alguma resiliência e capacidade de sofrimento”, destacou o presidente.

Inscreveram-se cerca de 40 jovens mas nem todos foram admitidos no Curso devido a vários critérios, nomeadamente a idade e a localização da sua residência.

Cerimónia de encerramento do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes em parceria com o RAME. Créditos. mediotejo.net

No seu discurso referiu igualmente a outra grande aposta dos rotários, que se traduz em bolsas de estudo. “Os patrocinadores – ou beneméritos – têm a possibilidade de receber o aluno que recebeu a bolsa e acompanhar o percurso deles. Os rotários têm os chamados ‘elos’, eu por exemplo sou o elo de 4 bolseiros que não conhecia que receberam a bolsa por esta parceria com a Câmara Municipal de Abrantes e tentamos de alguma forma acompanhar o percurso deles, saber como evoluem, saber do seu caminho no percurso académico, se têm dificuldades e se pudemos ajudá-los, e os patrocinadores também o podem fazer, mas substituímos os beneméritos nessa ligação se assim entenderem”.

Da Câmara Municipal de Abrantes serão, este ano, 42 bolsas, “no ano passado conseguimos patrocínios para 53 bolsas vamos esperar que os nossos patrocinadores continuem a ser generosos e se este ano chegarmos às 60 bolsas será muito bom”, considera Moura Neves.

Na Cerimónia de Encerramento do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes, além de outras individualidades, estiveram presentes a governadora do distrito 1960, Mara Ribeiro Duarte, o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Valamatos, o vice-presidente da Câmara Municipal de Mação, António Louro, o vice-presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Jorge Gaspar, e o CEO da Mitsubishi Fuso, Jorge Rosa.

Cerimónia de encerramento do X Curso de Liderança do Rotary Club de Abrantes em parceria com o RAME. Créditos. mediotejo.net
PUB
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here