Abrantes | Concerto “apoteótico” assinala regresso aos Mourões no Dia da Cidade (C/Video e fotogaleria)

Hipódromo dos Mourões recebeu o concerto de Tim, Mafalda Veiga e Três Bairros. Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

Pouco passava das dez da noite do feriado municipal de Abrantes, 14 de junho, quando a agitação tomou conta do muito público presente no Hipódromo dos Mourões, em Rossio ao Sul do Tejo, num amplo espaço relvado e de enquadramento natural com o rio Tejo. A festa estava de volta a um local emblemático do qual andava arredada há vários anos e cujo regresso foi saudado de forma eloquente pelos abrantinos, que, de coração cheio, agradeceram a iniciativa da Câmara Municipal em devolver aquele espaço à comunidade, para em concerto, e em comunhão, celebrarem o Dia da Cidade. Para Luís Dias, vereador da Cultura, o momento foi “apoteótico”.

PUB

“Foi um momento apoteótico que encerrou os festejos do Dia da Cidade, com intérpretes extraordinários e num local excecional. Foi o culminar de um dia fantástico, devolvendo o rio às pessoas, e foi um concerto muito conseguido”, disse Luís Correia Dias ao mediotejo.net, não escondendo também a sua satisfação pela reação emotiva dos abrantinos de poderem festejarem o Dia da Cidade num local que há muito ansiavam regressar.

Em excelente iniciativa, o regresso ao Aquapólis teve a chancela de Mafalda Veiga, Tim  e Três Bairros, acompanhados pela Orquestra Ibérica, num espetáculo preparado exclusivamente para esta celebração, com fogo de artifício cuidadosamente selecionado e a brilhar ao ritmo dos compassos musicais. O tema dos Xutos e Pontapés, interpretado por Tim, ‘Não sou o único” [a olhar o céu], foi disso exemplo (ver video abaixo/Pedro Guiomar)

De coração cheio. Devolveram as festas da cidade às pessoas. Obrigado, Luís Filipe Correia Dias e Manuel Jorge Valamatos Neo.

Publicado por Pedro Guiomar em Sexta-feira, 14 de junho de 2019

Os concertos e os espetáculos de fogo de artifício nos Mourões eram uma imagem de marca das festas da cidade, local amplo e aprazível que acolheu espetáculos que ainda hoje estão na retina dos abrantinos, como sejam os The Kelly Family, The Waterboys, Mariza, entre muitos outros.

Boa afluência de público para um excelente concerto. Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

Abriram o palco os Três Bairros, projeto com génese em Santarém em 2015. Com o fogo de artifício a fazer a sua precoce aparição, em sintonia com a música, João Correia (viola), Guilherme Madeira (voz) e Ricardo Gama (guitarra portuguesa) apresentaram temas como “Anoitecer no Tejo” e “Grilo Coceirão” que o público se habituou a ouvir, nomeadamente no Youtube. Com uma linha melódica combinando vários géneros e formas de abordar a música este projeto foi uma agradável surpresa para quem não conhecia.

PUB
Guilherme Madeira (Três Bairros). Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

Em crescendo de entusiasmo o público tributou a grande ovação da noite aquando da entrada do emblemático vocalista dos Xutos & Pontapés, Tim. Revisitando vários projetos onde participou como os Tais e Quais, Resistência e Rio Grande, além do seu percurso a solo. A iconográfica banda Xutos & Pontapés foi alvo de especial exigência do público. “Homem do Leme”, “A Fisga”, “Timor”, e “Não sou o único” tiveram um coro de milhares de vozes.

Tim (Xutos & Pontapés) Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

Com intermitências na carreira, Mafalda Veiga, é um nome importante do panorama da música portuguesa. Com uma carreira já longa, iniciada em 1987 por influência do tio paterno, o guitarrista Pedro da Veiga, a cantautora continua a despertar paixões.

Com duetos com Luís Represas, Ala do Namorados ou Jorge Palma foi sem espanto que se viu partilhar o palco com Tim e os Três Bairros. A emblemática canção “Pássaros do Sul” ainda baila no ouvido de muita gente e muitos foram os que fizeram coro com Mafalda.

Mafalda Veiga. Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

O fogo de artifício voltou a iluminar as águas do Tejo enquanto os artistas se despediam do público em delírio. Este regresso aos Mourões foi uma aposta ganha que terá, acreditamos, continuidade no futuro.

A Cidade de Abrantes, em dia de aniversário, voltou a ter um grande espetáculo no magnífico cenário da beira-rio. Está de parabéns a Câmara Municipal de Abrantes pela organização do evento.

Fogo de artifício encerrou o concerto. Foto: Jorge Santiago/mediotejo.net

FOTOGALERIA:

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here